12/17/2017

HABITAÇÃO




COHAB vai entregar mais 28 unidades habitacionais do "Projeto Taboquinha"



Na próxima semana mais 28 famílias serão beneficiadas com unidades habitacionais do Projeto Taboquinha, em Icoaraci. O governo do Estado, por meio da Companhia de Habitação do Pará (COHAB), fará a entrega dos novos imóveis, incluindo toda a infraestrutura que o projeto exige. No último dia 14, no auditório do órgão, os futuros moradores puderam conhecer o endereço completo de seus imóveis e acompanharam o sorteio de localização dessas unidades.
Segundo a presidente da COHAB, Lene Farinha, "são  apartamentos edificados em sobrados, sendo alguns deles na área chamada Bananal, além de uma casa”, explicou. A maior parte das famílias beneficiadas é oriunda da Comunidade Cubatão, área ocupada há mais de vinte anos, em Icoaraci.
O Projeto Taboquinha, que já está com 80% das obras concluídas, compreende uma área de mais de 190 mil metros quadrados no distrito de Icoaraci e beneficia, ao todo, 1.862 famílias. Desse total, 698 viviam em áreas alagadas, várzeas e no leito do Igarapé Cubatão, residindo em moradias precárias e desprovidas de qualquer sistema de saneamento básico. O Residencial Taboquinha já tem 12,21 quilômetros de ruas pavimentadas, 9,45 km de rede de esgoto, 2,74 km de rede de água e 6,55 km de drenagem.
A urbanização dessa área teve início em 2009, com investimento em obras de infraestrutura, serviços e habitação custeados com recursos do governo do Estado e do governo federal que contemplam a construção de unidades e melhorias habitacionais, urbanização, pavimentação de vias, implantação de rede de esgoto, drenagem pluvial e de abastecimento de água, estação de tratamento de água, centro comunitário e áreas de lazer, além de regularização fundiária dos lotes.
Todo o processo de seleção das famílias beneficiadas é validado pelo Ministério Público e pela Comissão de Acompanhamento de Obra (CAO), eleita pela própria comunidade para interlocução junto à Cohab. “Até o momento já foram entregues 663 unidades habitacionais, sendo 112 só em 2017. Até o final de março de 2018 já teremos um acumulado de 778 unidades entregues e a conclusão da parte habitacional do projeto, que vai continuar até o final do ano que vem com a finalização dos trabalhos de recuperação dos três lagos e de toda a infraestrutura”, finalizou a presidente da COHAB.
Abaixo a lista com nomes dos novos beneficiados com unidades habitacionais e respectivos endereços:

ORDEM
NOME
ENDEREÇO NOVO
1
Ana Lindalva Monteiro da Silva
QD. 28 , BL 79 , APT. 101
2
Aurea do Carmo Rodrigues
QD. 28, BL.77 - AP.201
3
Catarina Ribeiro Moraes
QD. 22, BL.102 AP.102
4
David Freitas Madureira
QD. 28 , BL 80 , APT. 102
5
Delmarina Barbosa Pantoja
QD. 22, BL.102, AP.101
6
Dulcicleia Lobato Ribeiro
QD. 28, BL. 79, AP. 102
7
Ferdinanda Brito de Sousa
QD. 28 BL. 78 AP  101
8
Ionete Araujo de Miranda
QD 22 BL. 101 AP 101
9
Joana Maria Santos Avelar
QD 28 BL 78 AP 201
10
Josemary Pinto Moreira
QD 22 BL. 102 AP 102
11
Jussara Baltazar Sardinha
QD 22 BL 102 AP 201
12
Nubia Monteiro Mendes
QD 22 BL 101 AP 202
13
Osmarina Mendes dos Reis
QD.28, BL.77 , AP.101
14
Raimunda Benedita dos Santos
QD 22 BL 100 AP 202
15
Raimunda Maria Santos Moreira
QD 28 BL 79 AP 202
16
Raimunda Maria Mota
QD 28 BL 78 AP 102
17
Risoleide Moraes Carneiro
QD 22 BL 102 AP 202
18
Roneide Pinto Moreira
QD 22 BL 100 AP 201
19
Thaís Drielle Pantoja Soares
QD 28 BL 80 AP 201
20
Elizabeth Napoleão Silva
QD 28 BL 80 AP 101
21
Telma Sueli Santos de Souza
QD. 28, BL.77 , AP.102
22
Miray Freitas de Leão
QD 28 BL 80 AP 202
23
Loraine Ferreira Cavalcante
QD 28 BL 79 AP 201
24
Jerônima da Silva
QD. 22, BL.100, AP. 102
25
Ilda Lima de Araújo
QD 28 BL 78 AP 202
26
Iracema Maria Brito de Araújo
QD 22 BL 101 AP 201
27
RESERVA TÉCNICA
QD.28, BL. 77 , AP. 202
28
Benedito Rodrigues de Moraes
QD. 22, BL.100,AP. 101
29
Nildo Brito

QD. 21, BL. 99 ,AP. 102



________________















_____________
Rosa Borges

12/16/2017

ATRAÇÕES








TV e Rádio Cultura têm programação especial de fim de ano

Shows, documentários e muita música fazem parte da programação especial de fim de ano da TV e Rádio Cultura do Pará, que começa a partir da próxima segunda-feira/18. Durante a segunda quinzena de dezembro, ouvintes e telespectadores vão relembrar principais produções do ano e conferir novidades na grade das duas emissoras.
Na TV Cultura, a programação começa segunda-feira/ 18, às 20h, com exibição do show de Dona Onete em comemoração aos 30 anos da TV Cultura do Pará, celebrado em março, no Teatro Margarida Shivasappa, em Belém.
Na terça-feira/19, às 19h, a emissora exibe trechos do Festival Internacional de Música do Pará, realizado em junho na capital. Na quarta-feira/20, às 21h30, vai ao ar o documentário “Deboche”, que mostra um pouco da vida e obra de Walter Bandeira.
Já na quinta-feira/21, às 21h30, será a vez da TV exibir a ópera "A Voz Humana", e na sexta/22, às 20h, entra no ar o espetáculo "Natal com Arte". A programação segue no sábado/23, com a exibição do especial "Palhaços Trovadores”, às 18h30, obra com direção de Nassif Jordy. Domingo/24) às 15h, será hora de dançar com o especial do músico paraense Pio Lobato.
A programação segue na segunda-feira/25, às 19h, com show de 20 anos da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz, que abriu as portas para o público em grande espetáculo. As vozes e ritmos marcantes dos artistas paraenses também foram contemplados no “Especial Sonora Pará”, na terça-feira/26, às 19h.
O “Protótipo” preparou uma seleção especial com os artistas deste ano no programa que vai ao ar na quarta-feira/27, às 19h. Logo após, às 22h30, também será exibido o programa "Circuito", especial com os destaques do ano. O especial de fim de ano da TV Cultura termina na quinta-feira/28, às 19h, com a reexibição do documentário "Ler de Paixão", de Júnior Braga, com produção de Marbo Mendonça.
Rádio
Na Rádio Cultura, os especiais também começam na segunda-feira/18 com o programa "Vozes Femininas da África", às 20h. Na terça-feira/19, às 20h, será a vez de comemorar o centenário de Ella Fitzgerald, a primeira dama da canção. A programação segue na quarta-feira/20, às 20h, com o especial que homenageia o piauiense Torquato Neto. Na quinta-feira/21, às 20h, será a vez do especial com o grupo chileno "Violeta Parra Centenário".
A sexta-feira/22 fecha com o programa "Black Rio", que será apresentado por Leo Bitar. Já no sábado/23, às 20h, Alessandra Caleja e Leo Bitar apresentam o especial "Sgt Pepper’s", que lembra o álbum de grande sucesso da banda The Beatles. A programação fecha no domingo/24, às 20h, véspera de Natal, com grandes musicais de cinema, apresentado pelo jornalista Augusto Pacheco.
_________________
Bruno Magno

12/12/2017

CRÔNICA DE SAMPA



SERAPHINE




H
oje em dia são raras as pessoas que não tenham pelo menos um bichinho de estimação, os mais comuns sãos gatos ou cachorros sendo que umas se apegam tanto aos bichinhos  que os amam como se fossem seres humanos.
Que tal sair da mesmice e adotar um Pet diferente dos tradicionais. Foi o que aconteceu com o meu filho Fábio.Ele deu de presente para sua ex mulher a cerca de 10 anos atrás uma cobra Jiboia. Devidamente licenciada, catalogada, liberada pelos órgãos competentes e legalizada pelo IBAMA.  Inclusive eu fui com o meu filho compra-la na Cobasi da Av. Marginal aqui em Sampa, ela tem  até um chip que lhe foi implantado.
Nós a escolhemos entre três outras que estavam a venda na ocasião, ela ainda não tinha um ano, era um bebezinho, e a mais bonita. 
Apesar de ser dócil e inofensiva, cresceu e vive até hoje em um terrário, mas pode ser pega normalmente, colocada no pescoço que não oferece perigo algum. Ela é levada periodicamente em um veterinário, pesada, medida e avaliada por profissional competente.
Normalmente faz o maior sucesso com as visitas, exceto algumas pessoas que não chegam nem perto só a admiram de longe inclusive... a minha esposa é uma delas.
Fui visitá-la recentemente mas não pude pegá-la, pois estava trocando de pele, estava com uma aparência muito boa  mas nesta época ela fica praticamente inerte, mas com  uma beleza ofuscante.
Hoje ela está medindo aproximadamente 2,5 metros e ainda se alimenta de ratos a cada 15 dias. Começou com camundongos passou para mercolóis e hoje saboreia um porquinho da Índia.
Ela é bem mansinha mas totalmente indiferente, não faz festinha pra ninguém mas é boa companheira, pra quem gosta é claro! 
Seguem fotos dela, bebezinho. outra com três anos e uma mais atual. 

Saudações tricolores

EM TEMPO: Meus parabéns ao Clube do Remo - Filho da Glória e do Triunfo - pela conquista do Tetra Campeonato de Basquete Regional, ontem no Ginásio Serra Freire. Deu de 58 x 49 no Grêmio Literário Português.
Como eu sei? Ora, eu escuto a Rádio Clube do Pará - a sempre Poderosa – aqui em Sampa


Seraphine, bebezinho

.


                                          Seraphine e agradando!...


                            Seraphine fazendo pose para os leitores

♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦

Ricardo Uchôa Rodrigues     

HOMENAGEM








12/08/2017

MEMÓRIA



Obrigado, Abílio



     O LIBERAL


O LIBERAL na edição de hoje publica:

“Paysandu perdeu o grande benemérito Abílio Couceiro. Abílio tinha 82 anos e faleceu na madrugada de ontem. A causa da morte não foi divulgada pela família.  Abílio era integrante de uma das famílias mais tradicionais do Papão e ficou conhecido pela chegada de grandes contratações no Alviceleste na época em que foi diretor de futebol, como a do goleiro Castilho, titular na histórica vitória por 3 a 0 diante do Penãrol, em 1965. Abílio era irmão de Antônio Couceiro, ex-presidente do Paysandu, e tio de Tony Couceiro, atual presidente do Alviceleste. A história de Abílio com o clube paraense iniciou com a paixão do pai, Armando Couceiro, que criou os 11 filhos na “Casa Paissandú”, um pequeno comércio que ficava localizado na rua Ó de Almeida, esquina com a Benjamin Constant, em Belém.
Abílio Couceiro foi relações públicas do Paysandu na década de 60 e depois foi nomeado diretor de futebol. Foi Abílio Couceiro que convidou Giórgio Falângola para se associar ao Paysandu e ser seu presidente. Abílio Couceiro teve muitos feitos no Paysandu. Um deles foi ajudar a ajudou a livrar a sede social de um leilão por dívidas com o INSS, em 1970 e foi decisivo na contratação do goleiro Castilho, jogador do Fluminense e da seleção brasileira”.

Abílio era tudo e mais alguma coisa. Era sério, honesto, disciplinado, grande profissional e formador de outros publicitários que seguem o seu exemplo.
Eu sou um deles.

Demitido da Artplan Publicidade - Rio -, após 10 anos de atividades e dedicação à agência de Roberto Medina, onde aprendi tudo sobre publicidade, marketing e relações públicas, uma bela manhã de terça-feira, passeando em Copa – às proximidades do Copacabana Palace – encontro o Abílio que não via há bastante tempo, senão na apresentação do Frank Sinatra alguns anos antes, quando Romulo Maiorana levou alguns amigos para a “voice” no Rio Palace.

Abílio Couceiro era um deles.

Conversa vai, conversa vem. Abílio perguntou-me se não queria voltar a Belém. Na capital paraense teria algumas vantagens dentre elas ficar perto de meus pais. Dos parentes, amigos e antigos colegas. E, mais: poderia engrenar na Mercúrio Publicidade.
Meu deu uma semana para decidir.

Com a minha decisão ele mandou a passagem peça Varig.

Engrenei na Mercúrio onde passei algum tempo. Aprendi a realidade da casa com Fernando Jares Martins. Walter Rocha, Walter Rocha Filho (Waltinho); Iram Lima .... e outros era uma equipe quente, criativa.
Nesse período a Delegacia Regional Trabalho estava dando as últimas oportunidades de registro de “Publicitário” os profissionais que provassem ter exercido a profissão há mais de 10 anos, baseado numa Lei assinada por Jarbas Passarinhão, nos tempos em que foi Ministro do Trabalho.

Toda a papelada foi organizada por Fernando  Jares  Martins.

Passado alguns dias vejo o Abílio Couceiro com uma pasta contendo um calhamaço de papeis, assinando tudo que seria enviado a DRT.Pa.
Sete dias após fui chamado à Delegacia do Trabalho para assinar um livrão, que me dava o direito, em toda plenitude, de exercer a profissão de Publicitário. E qual foi minha surpresa: contava (constava, como consta até hoje  - Publicitário, Registro 1Livro1 - Fls. 1. Era exatamente 11 horas do dia 28 de setembro de 1983. Há 34 anos.
No retorno à agência fui agradecer ao Abílio. Ele – que não era muito chegado a elogios - ao me ver perguntou; “Deu tudo certo? Ótimo. Vamos trabalhar”. Devido à minha insistência, ele disse apenas: “Fiz a minha obrigação e cumpri o meu dever. E muito melhor se trabalhar com profissionais. Quanto ao registro, tenho certeza que irá honra-lo”.
E encerrou o papo.

Duas pessoas são responsáveis pela minha atividade publicitária. Um foi Roberto Medina. O outro foi Abílio Couceiro que ontem /7 retornou ao Pai. Assim como apóstolo Paulo, combateu o bom combate e guardou a fé.

Obrigado, Abílio.

Logo mais a gente volta a se encontrar.

12/02/2017

CRÔNICA DE SAMPA



Comer! Comer!




A
 culinária no Brasil é reconhecida internacionalmente, destaque para a culinária paraense sendo que Belém foi reconhecida pela UNESCO como a "Cidade criativa da gastronomia em 2015.
Agora de 07/ a 11/11/2017 será realizado em Belém, pela primeira vez no continente americano, o Encontro das cidades Criativas. Chefs nacionais e internacionais apresentarão pratos diversos destaques para a culinária e os temperos paraense.
O Brasil, além do Pará, prima pela boa culinária, em cada canto deste país, encontramos pratos regionais que primam pelo sabor, destaque também para frutas e legumes, que abundam pelos campos, pois ainda temos a maior área agricultável do mundo.
Recentemente a TV Cultura aqui de Sampa passou um documentário produzido pelo nosso amigo de infância o Professor Valdemar Jorge, para nós o Dema, percorrendo  três regiões brasileira,  Pará, Bahia e Minas mostrando o quanto é vasto a produção de alimentos aqui no Brasil.        
O Dema participou também recentemente do programa  Hora da Cidadania, do Ed Valadão na rádio Trianon, juntamente com a professora Dra. Lia, especialista em economia administrativa, explicaram o que está sendo feito e como podemos explorar melhor a produção de alimentos em nosso país. Foram muito eficientes em sua explicações, show de bola!  Eu e meu amigo Giba participamos da mesa, como ouvintes.
Aqui em Sampa, é a região do Brasil, que encontramos os mais diversos restaurantes de comidas típicas, não só do Brasil, mas internacional também. Além das mais procuradas, portuguesas, italianas, espanhola, japonesa, encontramos pratos exóticos de diversos países, recentemente fomos a um restaurante da Mongólia, o "Tantra Mongolian Grill", onde você prepara o seu próprio prato e escolhe o tempero. Pode seguir a receita da casa ou usar a sua criatividade, e o prato é preparado na hora em um forno gigantesco. 
Recebi a indicação do restaurante Mis Saigon, comida típica vietnamita,, localizado aqui em Sampa, dizem que é muito bom! Espero que em breve possa ir lá conferir.
Comer bem é uma arte,  agrada o paladar, e nos dá prazer.
Como diz a musica, Comer! Comer! É o melhor para poder crescer, na minha idade só se for para os lados.

Bom apetite!

Meus cumprimentos (duplos) ao meu irmão Aldemyr:
a)     Pelo Corinthians;
b)     Pelo Flamengo                  
Quanto ao Payssandu... não foi rebaixado!!!

Sou mais o Clube do Remo!


Tucupi


Tantra

Rádio Trianon

Eu de  novo na Trianon

♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦

Ricardo Uchôa Rodrigues     

11/30/2017

APERFEIÇOAMENTO


Assessores de Comunicação farão curso na EGPA




Na tarde dessa quarta-feira/29, no auditório do Palácio dos Despachos, em Belém, a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) lançou o projeto de um curso gratuito de qualificação em Assessoria de Comunicação. A novidade foi divulgada durante uma reunião com os assessores de comunicação dos órgãos do governo do Estado na capital.
O curso, coordenado pela Escola de Governança Pública do Estado do Pará (EGPA), será ofertado na modalidade a distância para servidores públicos dos municípios paraenses que exerçam atividade na área, e ainda para assessores de imprensa que atuam sem formação profissional.
“Em nosso contato constante com os assessores de comunicação do interior percebemos que, muitas vezes, esse profissional não tem uma formação superior na área. Então, nós pensamos nesse curso de comunicação a distância para ofertar uma qualificação a mais para esse profissional, dando uma diretriz e o incentivando a procurar essa formação superior”, disse Daniel Nardin, secretário de Estado de Comunicação.
Alcance - A metodologia da educação a distância elimina as barreiras de tempo e espaço, e engaja os alunos no universo voltado ao trato da informação, para que ela alcance o público-alvo desejado, garantindo a visibilidade de pessoas, negócios, atividades, eventos etc.
"O secretário de Comunicação Daniel Nardin me convidou para estar junto nesse desafio, e fomos amadurecendo a ideia. Percebemos, com muita satisfação, que poderíamos atingir todos os 144 municípios, e a gente optou por usar essa plataforma de educação a distância. Através dela, em 2017, já atingimos 137 municípios do Estado com nossos cursos a distância, e agora a nossa expectativa é muito grande de levar aos assessores de comunicação de todo o Pará esse espaço de informação”, destacou Ruy Martini, diretor da EGPA.
O projeto do curso foi construído por um grupo de trabalho selecionado pela Secom, composto pelos jornalistas e mestres Dayane Baía, Karlla Catete e Márcio Flexa, e contempla quatro módulos, totalizando 100 horas: Noções Gerais de Assessoria de Imprensa, Media Training, Gerenciamento de Crise e Gestão de Mídias Sociais.
Aperfeiçoamento - “Fizemos um levantamento do que é mais importante hoje, na nossa prática profissional, e que poderia ajudar os colegas que algumas vezes não têm a formação profissional consolidada. Esse curso busca estimular exatamente isso, para que esses colegas que estejam atuando sem formação possam buscar esse aperfeiçoamento. Todos esses módulos são fundamentais na nossa prática diária”, informou Karlla Catete, coordenadora do curso.
A oportunidade de uma qualificação gratuita, com a excelência da EGPA, foi bem recebida pelos assessores presentes ao lançamento. “Acho uma iniciativa muito oportuna, porque, às vezes, o assessor está em um órgão e precisa tomar uma decisão imediata, e a gente acaba agindo pelo instinto. Então, uma capacitação como essa, que vai oferecer um módulo super importante, que é o de Gerenciamento de Crise, vai dar uma base para os assessores nas horas de tomada de decisão. Além disso, toda forma de aprendizado é bem-vinda”, disse Anna Peres, assessora de Imprensa da Junta Comercial do Estado do Pará (Jucepa).
As aulas da primeira turma terão 300 vagas, com início em 15 de janeiro e encerramento previsto para 30 de junho de 2018. Assessores de prefeituras do Pará poderão realizar a pré-inscrição, com exclusividade, a partir desta sexta-feira (30) até 8 de dezembro, pelo link http://ead.egpa.pa.gov.br/eadcursos/?idcurso=40&code=87644
Após esse período, as inscrições serão abertas aos demais assessores até o dia 20 de dezembro. Ao final do curso, os alunos que tiverem aproveitamento do conteúdo e o mínimo de 80% de frequência terão direito a certificado.
________________
Syanne Neno
Agência Pará