8/11/2017

DIA DO ADVOGADO


Muitos advogados famosos já rasgaram a própria biografia ao sucumbir a honorários milionários, esquecendo o dever da luta pela justiça e cidadania. Heráclito Fontoura Sobral Pinto, jurista e advogado de presos políticos, apelidado de “Senhor Justiça”, é o exemplo eternizado a nos iluminar. 
Teve coragem de enfrentar as ditaduras, do Estado Novo de Getúlio Vargas (1937-1945) e do regime militar (1964-1985). Mesmo sendo católico fervoroso, foi defensor dos comunistas Luiz Carlos Prestes e Harry Berger perante o Tribunal de Segurança Nacional, em 1937, assim como de mais de trezentos, dos quais nunca recebeu um tostão, como Miguel Arraes, Mauro Borges, Francisco Julião, João Pinheiro Neto, e Anita Leocádia Prestes. 
Por suas posições anticomunistas, chegou a apoiar o golpe de 1964, mas logo mudou de ideia. Tanto que, no dia seguinte ao anúncio do AI-5, então com 75 anos, foi preso. Na década de 1980, participou das Diretas Já. Em 1983, integrou o histórico Comício da Candelária. Faleceu no Rio de Janeiro, aos 98 anos, em 1991. 
Ave, Sobral Pinto! 

Parabéns aos que honram o seu legado.

♦ Compilado do

8/10/2017

REFORMA




“Paes de Carvalho” terá Tempo Integral após reforma geral

Com 176 anos de história completados no último mês de julho, a Escola Estadual Paes de Carvalho, localizada no centro de Belém, vai ter as instalações completamente reformadas. A obra está prevista no Programa da Expansão e Melhoria da Qualidade da Educação Básica do Pará, e será financiada com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Após a reforma, será implantado o Programa Escola de Tempo Integral.
A licitação para contratação dos serviços será lançada neste mês de agosto. A previsão é de que o processo seja concluído em um período de 30 a 40 dias para que as obras iniciem em outubro. Para atenuar problemas de infraestrutura do telhado e de drenagem, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) já executou serviços emergenciais, mas, para sanar o quadro geral de depreciação em que se encontra, o prédio sofrerá uma intervenção total.
O “Paes de Carvalho” tem hoje 2.260 alunos distribuídos nos três turnos, em turmas do Ensino Médio regular, profissionalizante e do Mundiar (programa que corrige a distorção idade/ano).

Obra é compromisso indiscutível

A reforma do “Paes de Carvalho” é uma necessidade que a Seduc reconhece, tal a importância e a tradição dessa escola para a educação do Pará. Construído no século 19, o prédio já foi reformado várias vezes. Em 1969 passou por uma ampliação que configurou a planta atual. Agora, incluída no programa de melhoria da qualidade da educação, executado pela Seduc com recursos do BID, a escola passará por uma nova reforma, que conferirá adequação para comportar o Ensino de Tempo Integral. “Esse é o nosso maior objetivo de futuro”, explicou o diretor da escola, Afonso Alves.
O “Paes de Carvalho” é referência em educação pública de qualidade. No então colégio estudaram figuras célebres do mundo político (incluindo ex-governadores e o atual chefe do Executivo Estadual, Simão Jatene), educacional e científico (entre estes o médico Gaspar Vianna). Por isso, também, a obra é almejada pela Seduc e pela comunidade escolar: “A reforma é um compromisso indiscutível assumido pela Seduc, pois trata-se de uma instituição simbólica que, por estar abrigada em um prédio secular necessita de uma intervenção rigorosa, capaz de eliminar os desgastes físicos e garantir mais conforto aos estudantes”, diz a secretária de Estado de Educação, Ana Cláudia Serruya Hage.

Serviços emergenciais

Depois da readequação de processos administrativos e do enquadramento da escola no programa financiado pelo BID, a reforma do antigo Colégio Paes de Carvalho, caminha para uma solução definitiva e as obras iniciarão ainda neste semestre.
Para garantir que os alunos pudessem retornar às aulas neste segundo semestre letivo com mais conforto, a Seduc executou serviços emergenciais. Foram realizados o conserto da calha - que estava  obstruída, provocando vazamentos dentro de salas de aula -, reparos no telhado, consertos em vazamentos hidráulicos nos banheiro, pintura de algumas salas de aula e a troca de forro, entre outros.
Para Eduardo Maciel, aluno do segundo ano do Ensino Médio, a reforma geral vai atender os anseios dos estudantes. "Com os serviços emergenciais de manutenção a situação melhorou, mas a reforma definitiva é necessária para que possamos sanar alguns problemas graves, como a questão da biblioteca, que não é climatizada, e do salão nobre, que está fechado por conta do estado de degradação em que se encontra”, relatou.

Intervenção total no prédio

“Pra que a gente possa acompanhar o aluno da melhor forma possível, sobretudo quando se fala de ensino integral, é primordial que tenhamos uma boa estrutura para oferecer. Nesse sentido, a reforma é fundamental”, defende o professor de Geografia, Walter Cassundé, há doze anos servidor da escola.
Na reforma, a Seduc vai investir 2,9 milhões de reais. Os recursos cobrirão a implantação das novas redes elétrica e hidráulica; a revitalização das 26 salas de aula e também dos banheiros, laboratórios, área administrativa, biblioteca e do ginásio de esportes, entre outros espaços. A nova rede elétrica vai garantir que todos os espaços sejam climatizados. O projeto prevê também um sistema de combate à incêndio e a sinalização visual da escola.
________________
Elck Oliveira
Com colaboração de Nélio Palheta
Agência Pará


8/09/2017

CRÔNICA DE SAMPA


CAMPINHOS


  
N
o fim dos anos 50, aquí em Sampa, existiam muitos campos oficiais de futebol, particularmente no bairro onde morava no Planalto Paulista. No começo dos anos 60, começaram a ser desativados, na Av. Indianópolis no campo do Engefusa fizeram o prédio do  Colégio Alberto Levy; no Territorial fizeram um supermercado, e do Palmeirinha e Flamenguinho, construções diversas.
A solução foi construir campinhos. Nós mesmos capinávamos os matos dos terrenos vazios; colocávamos traves e jogávamos futebol no terrão.
Foram formados times de rua. Na Guainumbis tinha o nosso time; na Aratãs o time do Marcílio; na Moací, o do Vandinho; na Iraí, o d
o Rafael e outros mais.
Jogávamos contra, muitas vezes, valendo flâmulas ou uma pequena taça. Havia até uma certa rivalidade entre as turmas, mas depois do jogo, todos voltavam a ser bons amigos.
O tempo passou, e muitos desses meninos sumiram do mapa. Agora, cerca de quatro  anos atrás fizemos uma página no Facebook, https://www.facebook.com/groups/364018270335219/ e criamos um site www.confrariadosboleiros.com.br, hoje com de 2184 confrades, para reunir o pessoal antigo da várzea.
Cada jogo nosso, pelo menos um dos confrades encontra um amigo que não via a muitos anos. Eu, particularmente, domingo passado encontrei o amigo Marcílio, menino bom de bola que era o responsável pelo time da Aratãs, que eu não o via a quase 50 anos. 
Foi emocionante, relembramos dos velhos tempos, inclusive além do futebol, a gente ia aos sábados em uma reunião de jovens na Igreja do Nazareno no nosso bairro onde, além de orarmos er lermos a bíblia, tínhamos momentos de descontração onde  jogávamos tênis de mesa, - para nós ping pong - e outras brincadeiras de salão. 
Hoje o Marcílio mora em Peruíbe; e só nos encontramos porque semana passada,  eles vieram jogar contra nós, só jogadores acima de 60 anos, e ele foi convidado e aceitou jogar pelo time da Confraria.
É muito bom ter amigos, melhor ainda é encontrá-los e jogar conversa fora, acho que não existe terapia melhor.
Ah, sim, o Remo vem aqui jogar com o Oeste, no Baruerí
Vou torcer, uma vez o oponente do leão azul paraense está invicto.

Segue o jogo!


Eu e o Marcílio


Confraria dos Boleiros

♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦

Ricardo Uchôa Rodrigues     
          

8/07/2017

EFEMÉRIDE




Hoje é o dia do aniversário de um grande parceiro e amigo:
RAY CUNHA
Meus Parabéns e um grande abraço.



DIA DO PADRE



Mensagem ao Padre Agostinho Cruz

Hoje é um dia muito especial.
Dia de rezarmos especialmente por alguém que se faz presente em nossas vidas, que sempre tem, uma palavra amiga, uma mensagem de encorajamento, um abraço olhar afetuoso e mãos estendidas para nos oferecer, Um amigo singular, é um pai espiritual designado por Deus para nos guiar e conduzir no caminho da salvação. Um amoroso que nos aconselha  e orienta nos momentos mais difíceis. Um médico dedicado que nos ajuda aclarar nossas feridas e nos receita o melhor remédio para aliviar as nossas dores.
Foi Deus quem te deu a graça de seres quem és! Deixar tudo para se entregar ao serviço, de Deus é a mais bela resposta de amor que alguém pode dar ao amor Daquele que morreu por nós, o Sacerdote Maior: Nosso Senhor Jesus Cristo! Ao entregar-se nas mãos de Deus, como instrumento, para ser usado por Ele, como Ele quiser, o Padre se faz o próprio Cristo, que entregou a sua vida por amor ao que é do Pai!
Hoje queremos numa prece especial, pedir a Deus pelo Senhor e por todos os padres que nos possibilitam viver a maior de todas as alegrias: participar do banquete da vida, a Eucaristia! Com a mão de Deus nas suas mãos, com seus passos firmes na trilha aberta por Jesus, havereis de libertar do cativeiro, todos àqueles que o Pai confiou aos seus cuidados!
Que o Senhor Deus continue lhe abençoando e o Espirito Santo ungindo seu Ministério Sacerdotal.

Parabéns, que a presença de Jesus em sua vida seja a maior recompensa.

Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças

Icoaraci, Pará


8/05/2017

ICOARACI

Governo entrega unidades habitacionais para famílias do “Projeto Taboquinha”

O sonho da casa própria se tornou realidade para as famílias atendidas pelo projeto Taboquinha, em Icoaraci. O Governo do Estado entregou nessa quarta-feira/2, 28 apartamentos e uma casa térrea para os remanejados da área de ocupação do Cubatão, garantindo melhores condições de vida aos moradores. A cerimônia teve a participação do governador Simão Jatene, além de secretários de Estado e autoridades locais.
O projeto de urbanização, iniciado em 2008, faz parte das obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), com investimento em infraestrutura, serviços e habitação e recursos do Estado e do governo federal. A iniciativa contemplou a construção de moradias, pavimentação de vias, implantação de rede de esgoto, drenagem e de abastecimento de água, centro comunitário, áreas de lazer e regularização fundiária dos lotes.
Os apartamentos têm 39 metros quadrados, dois quartos, banheiro e cozinha, além de área externa. Todo o processo de seleção das famílias beneficiadas é validado pelo Ministério Público e pela Comissão de Acompanhamento de Obra, eleita pela própria comunidade para interlocução junto à Companhia de Habitação do Pará (COHAB).
“Toda vez que concluímos uma etapa, melhorando a urbanização, entregamos a obra à população. O Taboquinha é um projeto urbano muito grande, com grandes benefícios, principalmente em função da insfraestrutura que estamos fazendo em todo o entorno”, disse a presidente da COHAB, Lene Farinha. Os sete blocos de apartamentos e a casa estão localizados na Rua Santa Izabel, entre Passagem Santa Rosa e Travessa Pimenta Bueno.
O projeto contempla 731 famílias, mas outras deverão ser beneficiadas. “Este número cumpre o projeto da Caixa, mas acredito que conseguiremos aumentar mais. Quem não for contemplado com habitação normalmente, receberá Cheque Moradia para melhorar a habitação, dentro das características do benefício, numa complementação de projetos”, explicou Lene Farinha. Com os imóveis entregues nesta quarta, já são 600 famílias beneficiadas, com previsão de novas entregas ainda neste mês. Entre elas estão mais 38 casas térreas em Icoaraci.
O governador ressaltou outras obras que também estão mudando a vida e a paisagem de comunidades em Belém, como a do entorno do Parque Ambiental do Utinga. “Esta é mais uma obra que estamos fazendo em parceria com a população, pois é por meio dos impostos que conseguimos mudar a realidade delas. Aquela era uma área chamada de Pantanal. Certamente de Pantanal hoje ela não tem mais nada, em função desse esforço coletivo”, comentou Simão Jatene.
Dignidade – Entre os que comemoram a nova moradia no Taboquinha está a dona de casa Elisângela Paiva Rocha, 38 anos, que morou em uma palafita durante mais de sete anos. Ela foi beneficiada com o aluguel social por quase dois anos, enquanto aguardava o término das obras em Icoaraci. “Era uma vida muito penosa. Minha casa era de madeira, sem infraestrutura e saneamento básico. Quando o igarapé enchia, a água entrava e atingia os móveis. Quando minha filha era pequena, tinha que sair com ela no colo com água pelos joelhos. Tudo isso acabou. Hoje é um dos dias mais felizes da minha vida. É um sonho realizado”.
A mudança na qualidade de vida é festejada pela comunidade. “Recebemos com muita festa cada entrega aqui no projeto. As pessoas que moravam em área de palafita estão podendo realizar sonhos. Hoje as crianças têm onde brincar e as famílias estão resgatando a dignidade. Temos casas boas, drenagem e estação de tratamento de esgoto, que beneficiará toda a sociedade”, destacou a presidente da Associação dos Moradores do Taboquinha, Rosa Souza.
Após a entrega dos imóveis, ainda em Icoaraci, o governador visitou as obras de restauração do prédio histórico do Chalé Tavares Cardoso. Orçada em R$ 2,8 milhões, a obra é executada pela Prefeitura de Belém em parceria com o Governo do Estado, que repassou o recurso por meio de convênio. Logo depois, ele seguiu para o Hospital Abelardo Santos, que será o maior espaço de saúde público da Região Metropolitana de Belém, beneficiando cerca de 1,2 milhão de pessoas.
Com dez andares e a previsão de abrir 250 leitos, a unidade recebe recursos da ordem de R$ 196 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Entre os serviços que serão oferecidos estão clínica pediátrica e cirúrgica, traumatologia, terapia renal, unidade de transplante, maternidade, Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) infantil e adulto e centro cirúrgico com cinco salas.
________________
Lidiane Sousa 

  Jatene entrega unidades do "Projeto Taboquinha"
Projeto Taboquinha. Promessa cumprida

♦♦♦ Fotos: Antonio Silva 
Agência Pará