7/17/2009

Representantes do BID visitam pólo cerâmico de Icoaraci


Os técnicos do BID não
resistiram à dança do
Carimbó

Representantes do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) fizeram visita técnica de identificação e avaliação, nesta quarta-feira/15, ao pólo cerâmico de Icoaraci. A equipe também apreciou a culinária tipicamente paraense em um almoço preparado especialmente para os convidados pelo restaurante Maia, na Orla do Cruzeiro.
Os três representantes do BID foram recebidos na sede da Agência Distrital de Icoaraci (ADIC) pela administradora, Ivy Portella; pelo presidente da Belemtur, Wady Khayat e representantes da Paratur, ao som de uma roda de carimbó tocada pelo grupo Trilhas da Amazônia, que ainda apresentou outras danças típicas como lundu, siriá e dança do pescador.
Da sede da ADIC, a comitiva seguiu para conhecer o Liceu de Artes e Ofícios "Mestre Raimundo Cardoso", onde, além do ensino regular, os jovens são instruídos em ofícios como a confecção de cerâmica. A escola possui forno elétrico e a gás, torno elétrico, maromba e o restante do equipamento que a atividade exige. No local, também está exposta uma mostra da produção do mestre falecido em 2006, com réplicas de vasos, cariátides, tangas, entre outros.
Outro local visitado foi o Pólo Cerâmico do Paracuri, considerado o maior centro produtor de cerâmica marajoara e tapajônica. Nas olarias do Conselho Superior de Artesanato do Pará (Cosapa) e da Cooperativa dos Artesãos de Icoaraci (Coarti), que concentra 90% da produção de objetos cerâmicos do distrito, foi possível mostrar todas as etapas da confecção da famosa cerâmica produzida em Icoaraci, conhecida mundialmente.
De acordo com o presidente da Belemtur, Wady Khayat, o objetivo da visita dos representantes do BID foi conhecer a potencialidade turística da Vila Sorriso, visto que, através do Programa de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur), criado pelo Governo Federal e coordenado no Estado pela Paratur, serão investidos 44 milhões de dólares no setor de turismo no Pará. Desse total, US$ 6,6 milhões serão revertidos para Belém, em projetos de melhorias no Ver-o-Peso, Mercado de São Brás, além de infraestrututura e capacitação profissional. "Icoaraci é um pólo turístico importante para a cidade, e vamos mostrar que com investimentos pode se transformar em um pólo de atração turística, além de gerar emprego e renda para a população local", destacou Khayat.
"Temos todo o interesse em mostrar as nossas potencialidades aos representantes do BID, que pode ser um parceiro importante no desenvolvimento do turismo em Icoaraci", explicou a agente distrital de Icoaraci, Ivy Portella.

_______________
Ronaldo Quadros

Nenhum comentário: