6/29/2017

CRÔNICA DE SAMPA


FEBRAVA




N
o começo dos nos 70 prestei vestibular para entrar na faculdade, existiam três cursos mais concorridos: Medicina, Engenharia e Direito. 
A princípio pensei em cursar medicina, cheguei até a frequentar meio ano de cursinho no Objetivo, período noturno, mas como trabalhava durante o dia, não estava conseguindo acompanhar, inclusive tinha aulas nos fins de semanas e em alguns feriados.
Tinha um amigo que fazia cursinho pra engenharia, e me alertou que ia ter um vestibular no meio do ano na FEI (Faculdade de Engenharia Industrial). Nessa época estava entre as melhores juntamente com a Poli e Mauá.
Acabei passando na primeira chamada, e como era semestral. resolvi abandonar o cursinho e cursar Engenharia Mecânica, a princípio Automobilística, mudando depois para Refrigeração e Ar Condicionado, um curso promissor, já que era  único da América latina.
Apesar de me  formar em tal modalidade, trabalhei na área metalúrgica, no ramo financeiro, só trabalhando na área mesmo tempos depois, por quase seis anos.
Chegamos a expor as nossas máquinas em feiras no sul e nordeste, mas a principal foi na FEBRAVA, a maior feira do Brasil, realizada aqui em Sampa. Inclusive este ano será do dia 12 a 15 de setembro, na São Paulo Expo.
A todos os profissionais da área ou para quem pretende instalar aparelhos de ar condicionado, refrigeração, ventilação esta feira é indicada, pois tem novidades e oferece várias alternativas para investir com segurança ou aprimorar seus conhecimentos nesta área.
Esta feira é Ideal para varejistas, distribuidores, técnicos, instaladores, projetistas, engenheiros, ficarem por dentro das tendências tecnológicas.
Já que estamos no inverno, fica a dica para todos se aproximarem de uma temperatura de conforto, e não entrarem em uma fria.
Grande abraço.


          Eu e dois bons amigos na Febrava


♦ ♦ ♦ ♦ ♦ ♦


Ricardo Uchôa Rodrigues        

Nenhum comentário: