2/23/2010

O Sindicato e Gavioes do Samba são os Campeoes do Carnaval

Foto: João Gomes



Henrique Andrade
prestigiou os campeões
do Carnavel Outeirense





Centenas de integrantes e simpatizantes das agremiações que desfilaram em Outeiro acompanharam na tarde de 17 de fevereiro último, a apuração do Carnaval 2010, organizado pela Prefeitura de Belém. A contagem dos votos ocorreu no mesmo local que serviu como passarela do samba, a rua Beira Mar. Elevada há apenas dois anos à categoria de escola de samba, a Associação Cultural e Carnavalesca “O Sindicato”, do bairro da Água Boa, sagrou-se campeã de 2010. Já entre os blocos, o primeiro lugar ficou com 'Os Gaviões do Samba' .
A Estação Primeira do Samba e a Associação Carnavalesca Raio X conquistaram, respectivamente, os 2º e 3º lugares entre as escolas de samba. Já a Associação Carnavalesca “Encanto da Ilha” e o Grêmio Recreativo “Arrastão da Ilha”, obtiveram a segunda e terceira colocação, respectivamente, na categoria 'blocos carnavalescos'.
Coube ao presidente da Fumbel, Raimundo Pinheiro, entregar o troféu de escola campeã à presidente do 'Sindicato', Sônia Gonçalves, enquanto o troféu de melhor bloco foi entregue ao presidente do 'Gaviões do Samba', Pedro Epifânio de Oliveira Filho, pelo administrador regional do Outeiro, Henrique Andrade (foto).
Os Campeões - Criada há cinco anos, a Associação Cultural e Carnavalesca “O Sindicato” já está acostumada a vitórias. Foi bicampeã no concurso de blocos carnavalescos e, no ano passado, concorrendo entre as Escolas de Samba, foi vice-campeã. Bastante emocionada, a presidente Sônia Gonçalves dedicou o troféu não apenas aos brincantes, simpatizantes e aficionados da escola, mas a todos os moradores da Água Boa e de Outeiro, "que sempre acreditaram na agremiação “e vieram em peso, aplaudir e incentivar a nossa escola".
O bloco “Gaviões do Samba”, fundado em julho de 1974 por moradores do bairro da Brasília, o mais populoso do Outeiro, levou para a avenida o enredo “Sonhos: Encanto e magia”, evocando a beleza dos contos de fada. De acordo com Pedro Epifânio, a idéia foi promover a cultura, folclore, a arte e o esporte dentro de um contexto social que abrangesse toda a capital e, em especial, o distrito do Outeiro. "Essa vitória representa o esforço de todo o nosso pessoal e a recebemos como incentivo para novas conquistas”, disse.

Nenhum comentário: