2/16/2014

Transportes




Conjunto Maguari conhece nova empresa de transporte coletivo

Quatro e meia da manhã e seu José Jardim Oliveira já estava de pé na parada de ônibus do Conjunto Maguari, à espera do coletivo que o levaria até o trabalho, no centro de Belém. Segundo ele, há muitos anos o serviço é deficiente. Motivo de atrasos e aborrecimentos para ele e outros milhares de passageiros que usam a linha Conjunto Maguari Cidade Velha. Uma situação que ele espera ver mudar a partir da próxima segunda-feira, 17, quando as quatro linhas que operam no conjunto passarão para a nova empresa Belém Rio, destacada pela Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém, após a cassação da antiga empresa que realizava o serviço.
Aproximadamente dez mil moradores do Conjunto Maguari são usuários do sistema de transporte coletivo e apresentaram inúmeras denúncias sobre o atendimento prestado pelas empresas que atendiam a área durante reunião realizada com a SeMOB. Três meses após a primeira reunião com a comunidade e fiscalizações que comprovaram as denúncias da população sobre a Viação Princesa e a Expresso Marajoara, as tentativas de garantir a qualidade do serviço por meio de negociações, novos prazos de adequação e notificações não tiveram sucesso e elas foram proibidas de circular na cidade.
“Precisamos de empresas comprometidas com a população. Não podemos mais aceitar certos vícios que prejudicam a vida dos moradores que precisam ir ao trabalho, a escola. Tomamos a decisão com base nos relatos da comunidade que vinha sofrendo há muitos anos com o serviço que era prestado, principalmente com o não cumprimento de horários de saída e sem garantir a frota de ônibus programada para o bairro, que era de 25 veículos, porém só estava funcionando com 15 ônibus”, disse a diretora de transporte, Evany Alves durante a reunião que apresentou a nova empresa à comunidade na última sexta-feira.
A empresa Belém Rio foi apresentada à comunidade com grande expectativa dos usuários. “Esperamos que a Belém cumpra com os horários, que os ônibus estejam num bom estado e que a gente possa contar com um transporte seguro, sem termos que nos aventurar no transporte alternativo”, disse o seu Jardim. Já a partir da próxima segunda-feira, 17, a nova empresa começará a atender o bairro com as quatro linhas de ônibus e 18 veículos num primeiro momento e, até março, passará a cobrir a área com 25 ônibus programados para o bairro.
“Como a empresa foi chamada de imediato, não foi possível que ela já começasse com a quantidade total da frota, pois é complicado ter tantos ônibus disponíveis em pouco tempo. Porém, até março ela atuará de forma completa. Até lá, a empresa vai cumprir a programação de horário se itinerário normalmente, porém fazendo algumas adequações entre os horários de pico e os horários. Eles também terão parte da frota circulando de forma expressa, que é uma das demandas da população”, detalhou Evany.
Segundo a diretora, a Belém Rio foi a única empresa a ter 100% da frota aprovada pela SeMOB na Operação Corujão, que avaliou a qualidade do serviço e dos equipamentos de todas as empresas de ônibus Municipal e Metropolitana, e também é a única empresa do município a contar com o equipamento de GPS, que evita os operadores a fazerem desvio de itinerário. “Temos plena confiança que a nova empresa vai atender os anseios da comunidade, pois essa também é a nossa expectativa como órgão, e vamos cobrar isso dela com fiscalização”.

___________________________

Eliana Homobono

Nenhum comentário: