11/19/2009

Cotijuba celebra 120 anos com festa e ações de cidadania

Foto: Alzyr Quaresma

O sábado/14 foi animado em Cotijuba. O motivo? A festa que comemorou os 120 anos da Ilha, promovida pela Prefeitura de Belém e coordenada pela Administração Regional do Outeiro, com a participação de várias secretarias municipais. As programação agradou o público, de todas as idades. Uma delas foi a disputa da “Taça Avelino Monteiro”, que entre os times participantes incluiu seleções de futebol sênior, para jogadores acima de 40 anos. Apoiado pela Secretaria de Esporte, Juventude e Lazer (Sejel), o campeonato levou o nome “Avelino Monteiro” em homenagem ao primeiro morador da ilha de Cotijuba.
A Sejel também levou para a ilha o Projeto Brinca Belém, que agitou a garotada com atrações como cama elástica, futebol de travinha, pintura de rosto e outras brincadeiras. Carlos Cunha, titular da Sejel, destacou a importância do envolvimento de todas as secretarias em um evento como esse. “Em um dia tão especial para essa comunidade, a diversão é um tempero a mais. E a Sejel, assim como os demais órgãos municipais, tem esse cuidado de garantir também políticas de esporte e lazer”, relatou o secretário, que parabenizou todos os moradores e se confessou um apaixonado pela beleza natural da ilha.
Henrique Andrade, administrador regional do Outeiro, destacou, entre tantas ações, a questão da preservação ambiental, a importância de cuidar com carinho da Ilha de Cotijuba. “A cada dia que passa é preciso aumentar a consciência ecológica dos moradores da ilha. Precisamos preservar esse nosso patrimônio”, lembrou o administrador, que fez questão de parabenizar a comunidade, durante a festa organizada pela PMB.
A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), em parceria com a organização do Dançum Se Rasgum Produciones, fez o plantio de 15 mudas de ipês rosas e amarelos. A iniciativa foi uma idéia da organização do evento para compensar a emissão de gás carbônico (CO²) feita durante o Festival.
Passagens gratuitas - Além de disponibilizar um número maior de barcos para o transporte das pessoas que foram prestigiar o aniversário de Cotijuba, a CTBel fez o cadastramento do Passe-fácil Sênior. A Prefeitura de Belém ainda disponibilizou gratuitamente 150 passagens para a travessia Icoaraci-Cotijuba. “Optamos por uma ação de cidadania após um levantamento feito entre os moradores, que apontou esta como uma de suas principais necessidades. Quando fizemos a divulgação do evento, eles se mostraram muito satisfeitos”, comentou.
A Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) montou um estande para atendimento da população com serviços como a distribuição de preservativos e folhetos explicativos sobre doenças infecto-contagiosas, além de vacinação contra tétano e rubéola. Os moradores e visitantes da ilha também puderam verificar a pressão arterial e a taxa de glicose. Ao todo, mais de 70 pessoas foram atendidas.
Uma das ações que mais atraiu os moradores de Cotijuba foi a emissão de documentos, como carteiras de trabalho, RG e outros, resultado de uma parceria entre a Administração Regional e da Delegacia Regional do Trabalho (DRT). Durante toda a manhã foram emitidas 120 carteiras de trabalho e 100 carteiras de identidade. Verena Feitosa, assessora jurídica da Agência Distrital, falou da relevância deste serviço. "A nossa meta é ajudar a população, hoje eles têm a oportunidade de adquirir vários documentos importantes e de forma totalmente gratuita”, disse. A Fundação Papa João Paulo II (Funpapa) levou para Cotijuba uma equipe de assistentes que repassou à população informações sobre os direitos das crianças e adolescentes, através da distribuição de fôlderes e orientação dos pais sobre o programa Bolsa Família. O Instituto Embeleze também marcou presença. Vários profissionais da empresa ficaram à disposição para oferecer cortes de cabelo gratuitos.
Para comemorar os 120 anos de Cotijuba, o Portal do Trabalhador, primeiro centro publico de emprego, trabalho e renda do Pará, vinculado à Secretaria Municipal de Economia, fez a divulgação dos 18 cursos profissionalizantes e cadastrou moradores interessados na intermediação direta que é feita com as empresas para encaminhamento ao mercado de trabalho.
Para Reginaldo Abreu, coordenador do Portal, a qualificação é essencial para a formação de um profissional. “O Portal do Trabalhador permite aos interessados em conseguir um emprego a chance de fazer um curso profissionalizante e partir para uma atividade empreendedora, com certificado garantido. Também fazemos a intermediação direta do profissional com as empresas, de acordo a necessidade do empregador”, afirmou.
O Portal tem como público-alvo trabalhadores autônomos, rurais ou que não possuem qualificação comprovada, além de desempregados e pessoas portadoras de necessidades especiais. O centro tem como metas inserir pessoas, principalmente jovens, no mercado de trabalho (através da intermediação da mão-de-obra junto às empresas) e qualificar trabalhadores para melhorar as condições de empregabilidade no mercado.

_______________
Cláudia Martins

Nenhum comentário: