10/12/2016

RECADO





  1. Minhas Crônicas


Amigos,
Este blog - graças à boa vontade do  - está há 10 anos no ar... e foi pro ar pela 1ª vez no dia 07 de abril de 2015 – sempre procurou dar oportunidade a todos aqueles que gostam de escrever, notadamente o que residem em Icoaraci, de onde sou originário, alguns amigos e entidades a que pertenço.
Nesses dois lustros muitos colaboraram; outros desistiram... dois pararam de enviar os seus textos porque Pai do Céu os levou de volta: Alfredo Ramos, de São Paulo e Hamilton Pinheiro da Costa, o nosso inesquecível HP
O único que ainda permanece no Jornal do Feio é Raymundo Cunha (RAY CUNHA), uma das melhores presentes que o Amapá mandou pra nós.
E o meu irmão, o engenheiro metalúrgico, Ricardo Uchôa Rodrigues, com a Crônica de Sampa, publicada de 15 em 15 dias.
Ocorre que tenho recebido vários e-mails sugerindo que além das matérias postadas. que eu fale mais de mim e publique textos “interessantes”, já que em 48 anos de estrada, tenho muita para constar.
Acho que os leitores tem razão.
Sou formado em Direito. Em tempos passados, aqueles que queriam seguir a carreira jornalística, faziam o clássico no “Paes de Carvalho”, em seguida tomavam o rumo da Faculdade da Trindade, após um vestibular que não era tão fácil.
Comecei em Belém, e terminei no Rio de Janeiro, após seis anos.
Na Cidade Maravilhosa – terra do Dênis Cavalcante - que me hospedou por 15 anos, adquiri duas novas profissões: Publicitário e Relações Publicas, facilitadas pela Artplan Publicidade Ltda. de Roberto Medina, onde aprendi tudo das funções. Na agência da Rua Fonte da Saudade com Vital de Negreiros (Lagoa Rodrigues de Freitas), permaneci 10 anos.
O Rio de Janeiro foi uma escola de mim.
De volta a Belém trazido por Abílio Couceiro da Mercúrio Publicidade - que infelizmente não mais existe -, e após prestar serviços a várias empresas e organizações, fui convidado para trabalhar na Prefeitura Municipal de Belém. (COMUS).
Atualmente encontro-me em processo de aposentadoria (Plena).

Na semana que vem, espero iniciar as crônicas solicitadas.

Nenhum comentário: