12/03/2013



Letras Icoaracienses



VILA DO SORRISO


A vila que mora em meu coração
É a parte mais bela da minha cidade
É rica sua história e nobre seu chão
É lá que eu encontro a felicidade

A brisa na Orla é uma grande opção
Querendo "agito", é só ir pro Cruzeiro
Sentir o seu cheiro, pisar no seu chão
E a água do coco beber por inteiro...

Foi lá, nobreza
De lá, riqueza
De cá, beleza
Esse é o meu Carimbó !

Fostes "Ponta do mel" para quem tinha fome
Hoje, tens teu Mercado, o peixe e o açaí
"Mãe de todas as águas" é hoje teu nome
Pois, "De frente pro Sol" fica Icoaracy

Quando "Vila Pinheiro", uma das tuas sinas
Se revelaria a certeza de um fato
Da argila tirada dessas muitas minas
Nasceria esse teu belo artesanato...

Foi lá, nobreza
De lá, riqueza
De cá, beleza
Esse é o meu Carimbó !

Teus problemas não tiram jamais o teu brilho
Teu povo é feliz, mas, carrega sua cruz
No Círio, seguindo à Maria e seu filho
Rumo à Santa Matriz com o Menino Jesus

Desde a antiga Capela de São João Batista,
São Pedro e a Nossa Senhora das Graças
A Fé do teu povo à todos conquista
Com sua procissão e por onde ela passa...

Foi lá, nobreza
De lá, riqueza
De cá, beleza
Esse é o meu Carimbó !

Hoje, tudo o que eu sinto ao pisar no teu chão
É uma grande emoção e que logo me invade
Passam coisas bonitas em meu coração
É a Paz, o Amor e essa tranquilidade

Uma coisa ainda  tenho para te dizer
Mesmo que, para isso, até fique sem graça
Quero mais te sentir, muito mais que entender
Tu, "morena faceira" que o tempo não passa...

Foi lá, nobreza
De lá, riqueza
De cá, beleza

Esse é o meu Carimbó !
_____________________
Mauro Maracajá - 2010

Nenhum comentário: