12/22/2016

REFLEXÕES


Ter razão

 ou ser Feliz!




C hega o final do ano e todo mundo fica meio reflexivo.
Meio pensando e fazendo balanço de momentos felizes e nem tão felizes assim, de palavras mal ditas, de mágoas recentes e aquelas que acumulamos durante algum tempo...
Mas depois de tantos pensamentos, reflexões e análises, o que fazemos com tudo isso? Começamos um novo ano e, como num passe de mágica, esquecemos de tudo! Continuamos a viver, muitas vezes cometendo os mesmos erros mais coisas ruins, que     podiam dar lugar a sorrisos, abraços, beijos, carinhos, mas que insistimos em guardar, pois por muitas vezes realmente temos razão e em outra acreditamos que temos.
Que tal pegarmos o resultado de nossas reflexões e tomarmos uma atitude que resulte em alegria, paz consciência tranquila e caminhos abertos? Pois ao esquecermos o que dá para ser esquecido, enterramos em covas profundas e concretamos pessoas, atitudes e situações que só nos fazem mal, já que perdemos mais tempo com quem nos faz mal do quem o inverso.
Que tal investirmos nosso tempo em amigos verdadeiros, amores sinceros, pessoas que realmente nos fazem bem, por quererem nosso bem? E que tal parar de desperdiçar nossas vidas brigando em provar que temos razão?
Afinal, queremos ter razão ou sermos felizes? É como diz a canção do Mestre João Gilberto “se você pretende sustentar opinião e discutir por discutir só pra ganhar a discussão, eu lhe asseguro, pode crer, que quando fala ao coração às vezes é melhor perder do que ganhar. Você vai ver, já percebi a confusão. Você quer prevalecer a opinião sobre a razão. Não pode ser, não pode ser. Pra que trocar o sim por não, se o resultado é solidão e em vez de amor uma saudade vai dizer quem tem razão.”


Um Feliz Natal de paz e muitas alegrias.


Ana Amélia Ramos de Oliveira
1º CRAS/Direção



Nenhum comentário: