10/22/2006

Que péssimo exemplo


Foto: Keilon Feio




"Um homem ficou ferido na quinta-feira/19, à tarde após ser empurrado por um policial civil da Seccional do Comércio. Em Belém. A vítima caiu na calçada e bateu a cabeça. Populares acionaram o atendimento médico e ficaram revoltados com a atitude do policial.
A agressão ganhou duas versões para os fatos.
De acordo com a testemunha, Mayena Ferreira, o homem seria um flanelinha da área que fora vítima de um assalto. Ele tentava registrar ocorrência quando fora expulso do local e agredido por um investigador. Sem condições de dizer o nome, a vítima, que foi empurrada pelo policial civil, caiu na calçada e bateu a cabeça.
Testemunhas afirmaram que ação do policial foi truculenta. “Um outro policial chegou a pedir para a gente não divulgar o fato, pois o agressor era seu colega”, contou a testemunha.
Entretanto, o diretor da Seccional do Comércio, delegado Cid Cavalcante, explicou que a vítima estava embriagada e, possivelmente, drogada. Segundo a autoridade policial, o homem não tem residência fixa. “Ele entrou na seccional e passou a ofender as pessoas com palavras pornográficas. Completamente embriagado, ele foi retirado da seccional, mas não aceitou e passou a esmurrar a porta. Foi quando o investigador, ao tentar impedir o ato de vandalismo, o derrubou e este homem bateu a cabeça na calçada”, explicou. Após ser atendido, o homem fez exame de dosagem alcoólica e toxicológica e retornou à seccional para assinar o procedimento por desacato à autoridade. O fato foi comunicado à Corregedoria da Polícia Civil” .
______________________

Na qualidade de membro-fundador do Conselho Interativo de Segurança e Pública e Justiça de Icoaraci (Cisju), peço licença dos colegas do Diário do Pará para reproduzir a notícia na íntegra e repassá-la ao mundo.
Atitudes como essas revoltam qualquer pessoa.
Cabe a Corregedoria da Polícia Civil tomar enérgicas providências, apurar e punir exemplarmente o culpado ou os culpados. A imagem da instituição policial não pode ser maculada pela ação irresponsável de um policial truculento, que não providenciou socorro para a sua vítima.
O que é pior esse triste episódio aconteceu em frente à uma Seccional no centro de Belém.

Nenhum comentário: