3/29/2007

“Naga Rip” está mandando ver em Sampa


O moço aí da foto é Fábio Franco Rodrigues, Nagash para os íntimos, apelido recebido desde a adolescência, em virtude de gostar muito de desenhos, e quadrinhos japonês, mangás, etc.
Ele é meu sobrinho, filho de um irmão que nasceu e mora em São Paulo, Ricardo Rodrigues, que nas horas vagas mexe com engenharia metalúrgica; e da Fátima que é Assistente Social.
Desde criança Nagash desenhava muito bem. Tanto que se formou em Desenho de Comunicação,pela Escola Superior Rocha Mendes É criativo e vidrado em computador – onde faz miséria de traz para frente e de frente para traz – como também é apreciador da arte e música.
Além disso, toca guitarra baixo, bateria e é DJ – especialista em rock - bem conceituado, sendo convidado a tocar inclusive fora de São Paulo.
Profissionalmente, começou fazendo sites; e hoje é Diretor de Design na Space Produções Ltda. Antes atuou na Ciclelogic e Labone - Empresa do Grupo Abril.
Entre vários projetos é responsável pelo site Space Kids, direcionado ao público infantil, altamente educativo, bem conceituado pela mídia, sendo destaque no programa "Olhar Digital", exibido pela Rede TV, na semana passada e que pode ser conferido no endereço http://olhardigital.uol.com.br/centralvideos.php?VideoID=1007
Fábio é conhecido nos meios artísticos e nas baladas da Paulicéia como Naga Rip.
Nagash, 27, é especial. Gosta de cinema, fotografias e de restaurante de comidas exóticas.
Meu sobrinho é grande.
Pena que seja são paulino doente... como o pai.
________________

Minha família só tem artista.
Um irmão que morreu há sete anos – lá mesmo em Sampa, mesmo que tenha nascido em Belém – era cantor e compositor; um tio, Oswaldo Uchoa (Vavá), paraense, radicado em São Paulo - onde, aliás, morei no início da minha adolescência por cinco anos.... a minha turma quase toda fez de Sampa a sua segunda casa – dominava um violão com desenvoltura, com maestria, e cantava como ninguém. De vez quando. apresentava-se em programas da antiga TV Record - Canal 7, quando ainda funciona no bairro do Aeroporto (Av. Miruna, uma das transversais da Av. Moreira Guimarães, atual Rubem Berta.Pena que também já se foi.
Para completar, tenho uma prima aqui em Belém que é uma grande cantora e compositora, a Andréa Pinheiro, filha do primo Everaldo – meu colega de bancos escolares – e que mora em Brasília.
Como dá para observar, toda a minha família é artista.
Menos eu que ao invés de advogar, resolvi mergulhar de cabeça no jornalismo primeiramente; e no ramo da comunicação a posteriori.
Dá pro gasto.

Um comentário:

Ricardo disse...

Grande Naga! Além de DJ e músico. É um competente design multimidia. Valeu!