12/12/2012

LUIZ SOLANO - o Reporter do Planalto


Investigação na CBF

A Confederação Brasileira de Futebol, lançou uma ofensiva para tentar barrar a instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito, que pretende investigar as contas da entidade. Dirigentes da CBF negociam com presidentes de federações estaduais e deputados federais para esvaziar o requerimento de abertura da comissão.
O deputado federal Romário, do PSB do Rio de Janeiro protocolou o documento para a instalação da CPI após obter 184 assinaturas. Ele precisava conseguir no mínimo o apoio de 171 parlamentares. O presidente da CBF, José Maria Marim e seu vice, Marco Polo Del Nero, são os mais atuantes no contato com as federações estaduais.
Antes de embarcar para o Japão, Marim ligou para dezenas de presidentes pedindo que entrassem em contato com os deputados de suas regiões. Nas conversas, Marim e Del Nero cobravam solidariedade dos cartolas aliados.

DISPUTA PRESIDENCIAL

A corrida pelo Palácio do Planalto nas eleições de 2014 já começou.
Imagino o que vem por ai partir de agora.
Será que vamos ver um festival de denúncias? Antes mesmo de isso ocorrer, já estamos sendo bombardeados com casos como a Operação Porto Seguro.
Que se preparem os aspirantes ao cargo máximo da República.
Os prováveis candidatos até agora são o senador Aécio Neves, o governador de Pernambuco Eduardo Campos, o ex-presidente Lula e a presidente Dilma, que tentará a reeleição.
Vem chumbo grosso por ai.

DESORDEM NO CAMPO

Impressionante o que está ocorrendo com o MST. A cada hora uma surpresa. E o governo tendo que correr para sair da saia justa, pois no passado deu apoio os baderneiros do campo nas invasões a propriedade particular e da União.
Vamos ver no que dará.
O problema é que a cada dia eles surpreendem com uma nova ocupação.
Agora um detalhe: só invadem onde tem gado, frutas, casas mobiliadas, luz, água e muito conforto.
São uns tremendos caras de pau.

CADEIA NELES

Importante a ação do Ministério Público em punir comerciantes que descumprem a lei e vendem bebidas para menores de 18.
Sabemos que os jovens estão começando a beber cada vez mais cedo, mas não é por isso que esse ato deva ser incentivado.
Os jovens costumam ser mais afoitos e, algumas vezes, na ânsia de novas descobertas, comuns nesta fase da vida, acabam perdendo a medida.
Por isso,qualquer iniciativa que vise conter este ímpeto é bem-vinda.

O MUNDO ESTÁ MUDANDO

As mudanças climáticas decorrentes do inicio da nova era, trouxe calores mais quentes e frios mais intensos. O processo de urbanização levou à impermeabilização das grandes e médias cidades com asfalto e concreto. Não havendo infiltração das águas das chuvas os alagamentos e enchentes são mais frequentes. A ventilação é barrada pelos grandes edifícios inverno no Canadá, Estados Unidos e União Soviética foram os maiores. A adaptação da humanidade aos clima será gradativa.
Temos que ser flexíveis e maleáveis.

PRENDE E SOLTA

Ao alcançar a liberdade após nove meses de permanência em um presídio aqui em Brasília, Carlinhos Cachoeira, sentiu-se mal. Foi internando no Instituto de Neurologia de Goiânia.
Apresentava diversos sintomas, afirmou o boletim médico: "estresse acentuado, transtorno de conduta e reação mista depressiva".
O médico Cesar Leite disse a este repórter que o contraventor "envelheceu cinco ou seis anos, está passando por muita coisa e que está caindo a ficha dele".
Gosto muito de ouvir conversas em filas, fico de antena ligada, pois o jornalista se comporta dessa maneira para obter notícias.
Recentemente, dois senhores bem falantes, na fila de um banco, comentavam essa internação. Um deles disse: "depois de nove meses longe de casa, é claro que, ao chegar, Cachoeira iria adoecer. Ele deve estar com esgotamento físico".
Foram só gargalhadas.
Sai dali meditando sem entender o motivo do esgotamento físico.
Carlinhos Cachoeira é preso novamente depois de duas semanas nas ruas de Goiânia. Quanto ao dito pelo médico, induz a gente a pensar que não é ficha que está caindo e sim, não direi como dizia o vovô. "é mió calá".

Nenhum comentário: