6/12/2014



ELEIÇÕES 2014                                                                                                                                 
O ano de 2014 no Brasil será histórico. Observado de perto pelo mundo inteiro, acontecerá no País um dos eventos mais importantes dos últimos anos e, por meio dele, será decidido o futuro nacional. Não, não estamos falando da Copa do Mundo de Futebol, mas das eleições que ocorrerão em outubro. Desde que as manifestações populares tomaram as ruas brasileiras em 2013, essa é a primeira vez que a população poderá mostrar sua indignação por intermédio de seu voto. De acordo com o Índice de Confiança Social (ICS) 2013, que é medido pelo Ibope, a confiança do brasileiro na política é cada vez menor. Em uma escala de 0 a 100, a confiança na Presidência da República atinge 42 pontos, seguida pelo governo federal, com 41. Eleições, sistema eleitoral e governo regional também levam 41 pontos cada um. O Congresso Nacional (29) e os partidos políticos (25) receberam os piores índices entre as 18 instituições avaliadas.
ELEIÇÕES 2014 II                                                                                                                                      
O doutor em Ciência Política e coordenador acadêmico da Fundação Republicana Brasileira (FRB), Leonardo Barreto, acredita que “o problema é a sensação de impotência que muitos alimentam em relação à política”. Para ele, o Brasil passa por um período de avanços e interrogações e a cada passo que damos na direção da solução de problemas antigos surgem novos desafios. Um dos grandes desafios neste ano é encontrar quem mereça nosso voto. Entre os candidatos aos diversos cargos públicos que terão eleições diretas há dezenas de nomes considerados “fichas-sujas” (pessoas que estão respondendo a processos ou foram condenadas por algum crime, inclusive má gestão pública ou corrupção). Procure nos sites os fichas-sujas e livre-se deles nestas eleições.
RIQUEZA E POBREZA 
“Amor não enche barriga”, já dizia a nossa avó. E, de fato, ela tinha razão. Se há um problema que quase sempre faz o amor fugir de casa, ele se chama “financeiro”. Dizem que quando o dinheiro acaba, o amor sai pela janela. Por mais que a harmonia reine, o amor exista e a cumplicidade também, não é nada fácil conviver com as dezenas de contas a pagar, somadas à falta de dinheiro e aos credores batendo à porta. Eles, de fato, tiram a paz de qualquer um e, pior, levam muitos relacionamentos à ruína. Quando os sonhos do casal viram dívidas, poucos têm maturidade e força para lidar com isso. É um ‘salve-se quem puder’ e cada um vai para o seu canto. Infelizmente, isso é um fato. Várias pesquisas mostram que os problemas com o dinheiro são a segunda maior causa de divórcios, só perdendo para as traições. Uma coisa é importante: é preciso definir quem vai comandar o dinheiro da casa, e não quem, necessariamente, ganha mais, mas sim quem faz uma gestão melhor, quem é o melhor administrador e, de preferência, aquele que é mais controlado com o dinheiro.

MATERNIDADE                                                                                                                                         
Instinto materno, família completa ou manter o casamento. Esses são mitos que ainda envolvem a maternidade. Influenciadas por essas crenças, algumas mulheres transformam a gravidez em um ato impulsivo ou em uma obrigação. O que elas não percebem é que ser mãe é uma decisão séria. Muitas engravidam por acreditar que esse é um dever de toda mulher. Outras desejam ter filhos para satisfazer uma vaidade pessoal, mas se esquecem de planejar a vida após o nascimento do bebê. Só em gastos com educação, saúde, lazer e alimentação, o custo de um filho até que ele complete 21 anos de idade pode ir de R$ 200 mil a R$ 1 milhão, segundo pesquisa do Instituto Nacional de Vendas e Trade Marketing (Invent).
MATERNIDADE II                                                                                                                                                  
Já o estudo Nascer no Brasil, da Fiocruz, mostra outro dado curioso: 55% das mães não planejaram engravidar. E o pior: 9% das mulheres não estavam felizes, mesmo com o bebê no colo. Foram ouvidas cerca de 24 mil mulheres, entre fevereiro de 2011 e outubro de 2012, em 191 cidades. Apesar das pressões da sociedade para que tenham filhos, cada vez mais mulheres têm assumido a escolha de não engravidar.
DESORGANIZAÇÃO                                                                                                                                    
É verdade que nenhuma mulher acorda super empolgada e disposta todos os dias. Especialmente quanto tem de realizar aquelas tarefas que não são tão agradáveis assim. Para aquelas que trabalham fora e ainda têm de cuidar dos filhos, do marido e da casa ser a Mulher Maravilha tem se tornado a cada dia uma missão impossível. Com a correria e a pressão diárias, a mulher acaba adiando ou até mesmo deixando de lado coisas importantes. Ou, algumas vezes, as faz de forma medíocre. Ao perceber a bola de neve em que sua vida se transformou, ela fica frustrada, com baixa autoestima e é atingida em cheio pelo pensamento: “sou incompetente!” Organize-se: liste seus afazeres, mesmo aqueles que não gosta ou não quer fazer.
DESORGANIZAÇÃO II                                                                                                                               
Não saber o que fazer primeiro, muitas vezes, é pior que o trabalho em si. Não estabelecer as prioridades pode ser o motivo dos problemas na execução. Aprenda a ser comprometida consigo mesma: mesmo não tendo alguém para cobrá-la ou incentivá-la a cumprir determinada responsabilidade, comprometa-se em fazê-la da forma adequada e livre-se dela o quanto antes Defina a importância das suas tarefas: programe-se para cumprir com as tarefas mais complexas e desconfortáveis, intercalando com aquelas que são mais corriqueiras e de rápida resolução. Assim, o dia não se tornará tão carregado, você ficará mais satisfeita e encontrará mais prazer nas suas realizações. Pense nisso!
PRÍNCIPE?                                                                                                                                  
O tempo está passando e você continua solteira. Vive pensando que o problema não está nas suas exigências, mas na falta de atrativos daqueles que fazem parte do seu convívio. Na verdade, você acha que todo parceiro em potencial que aparece está longe de ser o galã que você tanto sonha. Até surgem candidatos inteligentes, sinceros, trabalhadores, mas que não se encaixam nos padrões hollywoodianos que você espera: com uma grande beleza exterior. Que tal, a partir de agora, dar uma chance ao “sapo” que pode se tornar um “príncipe”? Lembre-se de que ele pode estar escondido atrás de uma aparência não muito atraente, mas que carrega atributos que realmente fazem a diferença num relacionamento. Muitos são divertidos, inteligentes, educados, maduros, compreensivos e acabam sobressaindo por aprimorar qualidades que a beleza não é capaz de proporcionar. Além disso, fatores como caráter e compromisso com Deus não podem ser esquecidos na hora da escolha.
DIÁRIO OFICIAL                                                                                                                                      
Na última quarta-feira, 11, o Diário Oficial do Estado do Pará completou 123 anos de existência com uma trajetória inovadora, com ênfase na tecnologia como ferramenta para tornar mais acessíveis as notícias sobre os atos governamentais. Além de ter sido o primeiro do Brasil a dispor de edição completa na web, a partir dos anos 1990, agora o Diário já pode ser acessado via dispositivos móveis, como celulares e tablets. Para comemorar a data, a Imprensa Oficial preparou uma edição encapada em policromia, com informações diferentes do que o leitor está acostumado a ver todos os dias.
DIÁRIO OFICIAL II                                                                                                                                   
 A edição também relança a coluna “A História no Diário Oficial”, que por longos anos foi editada e escrita pelo jornalista Ribamar Castro, falecido em fevereiro deste ano. Agora, sob a responsabilidade do jornalista Nélio Palheta, a coluna deverá ter periodicidade quinzenal, com exceções para algumas datas ou fatos históricos. É o caso da edição que será publicada, também, no dia 12 de junho e que fará referência a uma portaria relativa à Copa Mundial de 1970. Tecnologia – Desde dezembro do ano passado, o Diário Oficial do Estado pode ser acessado por meio de dispositivos móveis, como celulares, iPad, smartphones e tablets
MOTINHAS
________________________­­____


Pesquisa Ibope divulgada mostra que a presidente Dilma 
Rousseff oscilou negativamente em relação ao último levantamento. No cenário mais provável, que inclui candidaturas de partidos nanicos, a presidente saiu de 37% das intenções de voto em abril para 40% em maio e voltou a 38% em junho. ••• O pré-candidato do PSDB, Aécio Neves, saiu de 
14% em abril para 20% em maio e agora alcança 22%. Já o pré-candidato do PSB, Eduardo Campos, soma 13% das intenções de voto ante 11% em maio e 6% em abril. No mesmo cenário, o pastor Everaldo (PSC) manteve 3% das intenções de voto. José Maria (PSTU), Magno Malta (PR) e Eduardo Jorge (PV) têm 1% cada. ••• O jornal espanhol 
Mundo Deportivo classificou Bruno como "o melhor goleiro do Brasil" e disse que ele só não está na Copa por estar preso. O goleiro  pode estar perto de voltar aos gramados. Condenado a 22 anos e três meses de prisão pelo assassinato de Eliza Samúdio, ele conseguiu a transferência do presídio em Contagem para Francisco Sá, o que é um grande passo para que ele possa a jogar futebol profissionalmente de novo. ••• O governo autorizou nesta terça-feira/10, a elaboração de estudos para a construção de seis novas ferrovias, que somarão 4.676 km. Pela proposta do Pirarara, a principal via de escoamento da produção do Mato Grosso ligará Sinop (MT) ao porto fluvial de Miritituba (PA), de onde a carga seguirá em barcaças até os portos mais ao Norte. A estimativa das empresas é que 40% da produção de grãos e farelo do Estado sejam embarcadas por essa linha, batizada de "Ferrogrão". ••• A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou  projeto que estabelece regras para o exercício da profissão de Detetive Particular. O projeto foi aprovado em caráter conclusivo, sem necessidade de votação no plenário. O texto agora segue para análise pelo Senado. ••• Peemedebistas de todo o Brasil aprovaram ontem/10, na Convenção Nacional do partido, a manutenção da aliança com o PT para a eleição presidencial de outubro próximo. Os convencionais também aprovaram o nome do atual vice-presidente da República, Michel Temer, para novamente compor a chapa com a atual presidenta e pré-candidata à reeleição Dilma Rousseff. Égua, são os mesmos? Não acredito. ••• Atenção, todo cuidado é pouco, hoje é Sexta-feira/13. Não passe em baixo de escadas e livre-se de gatos pretos!... ••• Cândida Roberta Vilanova, ou simplesmente Roberta Vilanova, foi eleita presidente do Sindicato dos Jornalistas do Pará (SINJOR/Pa), prometendo continuar e aperfeiçoar o trabalho de Sheila Fará, que esteve na direção da Entidade por dois mandatos. Sucesso, Roberta. ••• Mais um final de semana, desta vez em clima de copa. Aproveite esta sexta-feira, vamos curtir músicas românticas no Taco de Ouro com o DJ Naza, imperdível. ••• Tripulação do Navio Breno que faz linha para Macapá saindo de Santarém toda segunda-feira às 18H00, são leitores de nossa coluna. Obrigado amigos. ••• Amanhã, sábado, encontro marcado na Garapeira Ypiranga do amigo Cacheado; estaremos lá com a Loira Gelada, Ruiva Destilada, Morena Quente, Negra Gostosa, Bela Dalila e Poderosa Beatriz. Fui.




Nenhum comentário: