1/15/2007

Padre Dr. Cláudio Barradas. 77 anos de vida


No último dia 04 de Janeiro, nós, da Paróquia de Jesus Ressuscitado, comemoramos os 77 anos do padre Cláudio Barradas, nosso querido pároco e envolvidos pela alegria de poder homenageá-lo segue abaixo uns versos simples que retratam um pouco de nossa admiração por ele :
77 vidas contidas em vidas vividas ao longo do tempo, 77 amores, 77 prosas escritas, 77 peças descritas, 77 contos dirigidos, 77 falas emitidas do ponto, no ponto, pronto. 77 personagens, 77 juras e tramas, 77 dramas, 77 comédias, viva o artista da ribalta, viva Cláudio Barradas!
77 alunos, 77 provas, 77 faltas descritas, 77 abonos, 77 salas, 77 turmas, 77 discípulos, 77 cadernetas, 77 pequenos infantes em teste, viva Cláudio Barradas, o mestre!
77 zangas, 77 broncas, 77 crônicas, 77 estórias, 77 piadas, 77 idas e voltas, 77 homilias, 77 liturgias, 77 emoções, 77 atos que só na cruz se espraia, eis o servo de Deus , o padre, Cláudio Barradas.
77 projetos concluídos, 77 sonhos vividos, 77 desejos realizados, 77 poemas decorados, 77 declarações de amor, 77 teses defendidas, 77 livros na ponta da língua, 77 inconstantes e variados tons de humor, de crítica ou de elogio, 77 sombras que aparecem o vulto e o escondem. É ele, Cláudio Barradas, o homem.
77; mais que número és a busca do sete que se acentua em tons crescentes, a caminho da apoteose. 77 vezes, 7 por sete, número após número, caminho e pegada crescente rumo ao Cristo, na procura incessante por Ele que é o sete perfeito, e, neste caminho, mostra-nos suas flores, expões que és apenas a seta que aponta, mas que nos diverte e tanto nos revigora. Nos motiva também a buscá-Lo; sete por sete, caminho após caminho, pegadas rumo à cruz.
Preparas o palco, abres a cortina, soam os aplausos que como artista, esperas. Por que ainda te espantas? São para o Cristo, que mais uma vez brilha em ti, é dele a glória, é teu o prazer de atuar, é nossa a satisfação de te homenagear. Parabéns!

Leno Carmo
Ministério de Música e Pastoral Familiar

PS – Publico esta materinha, extraída do site da Voz de Nazaré, porque o cidadão Cláudio de Souza Barradas, o filósofo, o escritor, o teatrólogo, o ator por formação, o sacerdote, o amigo - e sempre foi meu amigo. Tenho muita coisa a falar dele. Até o final da semana vou publicar uma reportagem que eu fiz com ele para o extibnto Nosso Jornal, de Salomão Laredo – outro amigo - anos passados, quando dirigia a Paróquia de Santa Isabel de Portugal, em Santa Isabel do Pará, Estou vasculhando o arquivo para encontrar (A.F)

Nenhum comentário: