6/02/2012

LUIZ SOLANO – O Repórter do Planalto




DESTRUIÇÃO

O planeta terra está sendo rapidamente destruído pelo homem e seu perverso sistema econômico, o capitalismo. Thomas Lewinsonh, presidente da Associação Brasileira Ecológica, diz que a legislação ambiental as decisões não podem ser retificadas, como ocorre na economia, na educação, na saúde e outras sociais.
Como reconstituir a biodiversidade de uma árvore centenária derrubada? E uma floresta? Como recompor geleiras? Como abaixar o oceano? Como limpar o ar? Não há retorno. A Amazônia está sendo destruída e o planeta caminha para a extinção.


EX-MINISTRO


É sabido que todo réu tem direito a defesa, e isto não se discute. O que comento é por que motivo o ex-ministro Márcio Thomas Bastos, está sempre assumindo a defesa das bandas mais podres e mais abonadas deste país. Ele dirá... que não tem culpa de ser o escolhido entre 10 dos 10 maiores cheios da grana do Brasil. Não tem culpa não e concordo com ele. Mas espero que ele também concorde que é pelas obras que se mede a estatura de um cidadão... e na medida em que ele promoveu a fuga para o Líbano do médico estuprador Roger Abdelmanssih, através de um "conveniente" habeas corpus, a impunidade, através de sua eficiente defesa, dos estudantes de medicina que num trote mortífero conseguiram matar um estudante coreano; que conseguiu a permenência definitiva no Brasi do quatro vezes assassino Cesare Battisti.


PELO VOTO

É duro vir a tona novamente a frase de Carlito Maia: “Essa cachoeira de lama que insiste em escorrer afeta a boa conduta do cidadão”. Políticos "profissionais" que se elegem sob a égide de contraventores e utilizam meios para promover ,existem aos montes.A população, coitada, tenta se esquivar, mas a corrupção parece ser mais forte.
"Nem tudo que se diz se faz". É verdade. Dizer ser ético é uma coisa, agora ser realmente ético e outra totalmente diferente.
Até quando teremos que suportar estes escândalos que corrempem a imagem de nosso país? É ex-presidente sendo chamado de "fofoqueiro"; é a Corte Suprema tendo a imagem "queimada"; é o político que possuii castelo; é oração feita para consagrar a propina, são gangues infiltradas no governo sugando o dinheiro público e matando o povo em filas de hospitais.
Chega disso.
Nossa única arma para combater toda essa água podre é o voto.
Outubro vai chegar.


CONTRIBUIÇÃO FLORESTAL

As discussões sobre o novo Código Florestal deveriam abranger a Contribuição Sindical Rural, cobrada pela Confederação Nacional da Agricultura de todos os produtores rurais. A cobrança é anual e observo pequenos produtores que sequer ganham o mínimo para sobrevivência pagando essa contribuição.
É um absurdo pagar e não ter nenhuma contrapartida e nem saber a destinação desse montante arecacadado em todo o Brasil.
Necessário que haja um critério para cobrança, excluindo pequenos produtores rurais de mais essa taxação obrigatória.


O IDOSO SOFRE

O Ministério Público, o TCU e o Judiciário devem fiscalizar e cobrar com urgência uma regrão nacional para a gratuidade dos idospos e deficientes físicos no transporte público em qualquer cidade do país. Hoje, por exemplo, o idoso ou deficiente que tem a carteira de gratuidade em Brasília a mesma não é aceita no Rio ou São Paulo.
Ora a pessoa é deficiente em qualquer cidade do país. Nem mesmo a carteira de gratuidade do Ministério dos Transportes, a federal, é aceita nas cidades brasileiras.
Na maioria das cidades e estados o transporte público é dominado por cartéis, muitas vezes à margem da lei, pois a Contituição de 1988 determina a licitação das linhas municipais, intermuncipal e interrestadual o que não é respeitado.
Nem a ANTT, após mais de 20 anos de vida, conseguiu fazer a tão desejada e necessária licitação das linhas, tamanha a pressão, corrupção e lobby dessas empresas.
Muitas empresas impõem obstáculos aos idosos e deficientes na gratuidade dos transportes, inclusive colocando em sua maioria ônibus executivo,leito e semi-leito para fugir da obrigatoriedade ante a omissão e cumplicidade dos órgãos que deveriam fiscalizar.


TIROTEIO


Não existe simbolismo mais trágico e doloroso do que o quadro de um pai morto aconchegando o próprio filho para defende-lo de tiros disparados por policiais em briga entre si, quando colocados na rua para defender a vida dos cidadãos.
Agrava o sentimento da família e da sociedade, o fato de os dois policiais terem sucumbido aos próprios tiros livrando-se de prestar contas à justiça humana.


SE ARTICULANDO


O PT tenta se rearticular polticamente na CPI com o cáculo de que "pode dar errado porque parece chantagem com os aliados". Avalia que o PMDB precisa se enquadrar para evitar que os contratos da Delta com o governo fluminense sejam examinados, o que poria em risco o governador Sérgio Cabral, do PMDB. O PP também precisaria tomar mais cuidado, segundo os petistas, pois não teria interesse em que sejam examinados os contratos da Delta com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, principal pagadora da construtora no governo federal, comandado pelo PP durante todo o governo Lula.


DOENÇAS


O Brasil gastou no ano passado cerca de R$ 21 bilhões no tratamento de pessoas doentes plo fumo. Esse valor equivale a 30% do orçamento do Ministério da Saúde, só para o combate ao tabagismo.
É preciso que alguma coisa seja feita, para evitar esse gasto e leve a população brasileira para o morte, com o consumo de cigarros, pois esse dinheiro poderia ser empregado em outras áreas, como por exemplo a construção de mais hospitais principalemnte no interir do Brasil, onde a carência é muito grande.


MAIS DOENÇAS

Já que falamos em doenças, mais de 50 anos atrás a cidade de Cubatão, perto de Santos, possuia o maior conglomerado humano.
Começaram aparecer doenças.
Tudo piorava quando nasceram crianças sem cérebro. A reação valeu.
Anos depois não havia mais poluição com subdivisão de áreas industriais. Cubatão passou a ser clara e limpa e o homem extinguiu os males, fatos que não acontecendo em Belém, pois segundo informações que chegam da Capital paraense, a poluição começa a tomar conta das principais ruas de Belém, em face do crescimento da frota de veículos, principalmente de ônibus - os maiores poluidores.
Alguma coisa tem que ser feita antes que seja tarde.


MAIS FACILIDADE


Chegam informações a este repórter que o Senado Federal vai votar um projeto que estabelece a isenção de visto de brasileiros para paises da União Européia para viagens de até três meses.
O texto já foi aprovado na Comissão de Relações Exteriores.
Enquanto isso, os brasileiros continuam sendo barrados nos aeroportos de Madri, com muitos sofrendo humilhação e até o presente, o Ministério das Relações Exteriores não tomou qualquer providência para coibir esse abusos com os nossos patrícios.
Vamos dar o mesmo castigo aos espanhois.

Nenhum comentário: