9/15/2012

LUIZ SOLANO – O Repórter do Planalto





Mensalão


"É missão constitucional das Forças Armadas do Brasil, zelar pela defesa da Pátria, a garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa deste, da Lei e da Ordem". Será que haverá necessidade do emprego das Forças Armadas no final do julgamento do Mensalão? O que passa pela cabeça dos dirigentes do Partido dos Trabalhadores quando afirmam que o PT está se preparando para reagir e não assistirá passivo a uma provável prisão de sua cúpúla?
Falam até na possibilidade de colocar nas ruas 15 mil integrantes do MST.
Já imagino o que acontecerá! Não estamos vivendo numa republiqueta e ameaças dessa natureza precisam ser coibidas. Decisão do Supremo Tribunal Federal não se discute.
Camburões, ligar os motores e olho vivo.

TRAIÇÃO

A extrema manipulação que a grande mídia- monopolista, partidária, ultraconservadora e atrelada a interesses alienígenas, fez do Mensalão para atingir seus propósitos terá consequências.
O procurador-geral e oito ministros do STF nomeados pelo PT, por incrível que pareça, incorporaram as acusações partidárias da mídia com rigor. A opinião pública que odeia o PT aplaude e as demais se perguntam: traição ou independência?
O futuro dirá.

TROCA DE MOEDA

É de surpreender? Na cartilha lulopetista, ministério sempre foi moeda de troca. Sai Ana de Holanda e entra Marta Suplicy que, abduzida, não escondeu sua "surpresa" tecendo loas à presidente e salientando a grande "sinergia" que rola entre ambas no amor às artes e a cultura.
E quanto a Ana Holanda?
Ah, mas que serventia tem a irmã do Chico agora?
Que coisa feia. Cinismo e hipocrisia têm limites.

7 DE SETEMBRO

Sete de Setembro é uma data que deveríamos nos orgulhar da Pátria Brasil. Não é o que vimos atualmente. Vivemos um momento de pré-eleição, onde alguns tentam conquistar um cargo eletivo com o intuito de roubar e, jamais nos representar. Não há mais aquela emoção, o sentimento de brasilidade, o orgulho de ser brasileiro.
Isto é fato.
Entristece-nos ainda, por estarmos em pleno julgamento de uma Ação Penal contra várias personalidades que, em vez de nos honrar, nos roubaram e nos decepcionaram ao meter a mão no dinheiro do erário.
Temos uma presidente de um passado duvidoso, mas não se sabe por que, visto é vaiada em vários locais e até saiu pelos fundos para não enfrentar manifestantes insatisfeitos com o seu governo.

TRATADA COMO CRIME

A corrupção no Brasil deveria ser tratada como crime contra a humanidade. É uma questão de simbolismo; pois o mal que essas pessoas causam à sociedade é tão grave quanto dos ditadores que fizeram limpeza étnica em outros países.
Nesse caso, os maiores prejudicados são os menos favorecidos, os pobres. Isto é ou não uma limpeza étnica na nossa sociedade. É bom lembrar que Fidel Castro, é adorado e admirado em nosso país, e tem gente dentro do Palácio do Planalto, que gostaria de seguir o seu exemplo, criando os pelotões de fuzilamentos, para se perpetuar no Governo.

LIMPEZA TOTAL

Duas frases corajosas revelam a face negra das instituições encarregadas de garantir a ordem júridica do País. "Há bandidos escondidos atrás da toga" da ex-Corregedora Geral do Conselho Nacional de Justiça Eliana Calmon, e "Temos meia dúzia de vagabundos que precisam tirar", do recém-empossado corregedor geral Francisco Falcão.
Para completar a obra só está faltando dar o nome aos bois colocando-os no pelourinho para que seja procedida a limpeza.
Espera-se não ser necessário esperar por um terceiro corregedor para que tal aconteça.

SUCESSO PARAENSE

Outro dia, estava andando por um Shopping aqui em Brasília, quando vi uma família vestindo camisetas trazendo na frente uma estampa com motivos do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, - a maior festa religiosa do Brasil, que é comemorada todos os anos no segundo domingo de outubro e que este ano vai acontecer no dia 14 de outubro.
Tanto foi a minha curiosidade, que perguntei ao casal, onde eles haviam comprado as camisas e o mesmo me informou que era uma produção paraense, fabricada pela Camizanas, de Belém do Pará. Pedi o nome o endereço da empresa que prontamente me foi repassado.
Liguei para Belém, nos telefones 91-3263.0989 e 91-9139.3838,e falei com os proprietários da Camizanas, Salvador Henrique e sua esposa dona Rosana, que me passaram todas as informações necessárias para se adquirir esse produto que me chamou atenção pela qualidade e preço o que achei muito interessante.
Mandei buscar pelo menos quatro camisas e vou usá-la com a minha esposa e os meus sogros, no dia 14 de outubro, aqui em Brasília comemorando essa grande data do povo católico paraense.

SALÁRIOS DAS PMs

Sem a valorização do policial a situação continuará assim, pois a PM em alguns Estados está há quatro anos sem reajuste. É difícil se doar nas ruas com o pior salário que o Governo do Distrito Federal, - e o mesmo acredito que esteja acontecendo no Pará, Goiás e Rio Grande do Norte, Sergipe e São Paulo onde esta coluna circula -, paga à uma categoria da SSP.
Quem vai pagar o advogado do policial quando ele pegar uma ocorrência que necessite de auxílio? O governo aqui de Brasília fez 13 promessas e não cumpriu nenhuma até agora.
É difícil se dedicar quando olhamos policiais civis ganhando três vezes mais o que é muito justo, para fazer praticamente a mesma coisa.
É bom lembrar que um motorista do Senado ganha em torno de 12 mil reais, com direito a seis horas de serviço por dia, enquanto que o policial militar é obrigado a trabalhar 24 horas por 36 de folga.
Alguma coisa tem que ser feita para que os nossos policiais militares sejam motivados nas suas funções.

FORÇA NACIONAL

Agora sim o Distrito Federal estará seguro. Com esses policiais altamente qualificados e bem formados não haverá mais crime na Capital da República. Estamos, agora, dentro de uma bolha de tanta proteção. A sociedade agradece o governador Agnelo Lero Lero Queiroz, a presidente Dilma que vêm se empenhando, em especial com relação à segurança pública do Distrito Federal.
Sabe por que isto está acontecendo?
As providências foram tomadas porque a filha de um ministro, o Marcelo Crivela, sofreu uma tentativa de sequestro. Oxalá, que isso ocorra todos os dias com os parentes de todos os ministros, governadores, senadores e deputados pois, certamente, eles tomarão vergonha na cara e chamarão a Força Nacional que, por sinal, presta um grande serviço à sociedade brasileira

DIREITOS HUMANOS?

Só vemos os Direitos Humanos, Defensoria Pública e outros órgãos ligados ao tema lançarem campanha em prol de marginais. Mas a pessoa honesta, que trabalha e é vítima destes covardes, fica a mercê da própria sorte.
Por isso, este país não é levado a sério.
Preso tinha que apodrecer atrás das grades e ponto final. Eu me refiro ao preso assassino, estuprador, aquele com crimes hediondos nas costas e sem recuperação.
E tem mais: deveria ser sustentado pela família e não pelo governo e por nós.
Tivemos um caso recentemente em Brasília, de uma jovem mãe de apenas 23 anos quer foi brutalmente assassinada. No dia do enterro, no qual eu compareci, não tinha ninguém dos Direitos Humanos para prestar solidariedade à família da vítima; no entanto, no dia em que um jovem foi assassinado em um Centro de Recuperação para menores no Distrito Federal, lá estavam membros dos Direitos Humanos, oferecendo até caixão de primeira para o interno, cuja exigência foi feita pela mãe do mesmo.


Nenhum comentário: