9/15/2009

Prefeitura beneficia mais de 300 famílias no Residencial Raimundo Jinkings

Foto: Antônio Silva

Aos 88 anos, a aposentada Hermosa Pereira se emocionou ao receber das mãos do prefeito Duciomar Costa o título definitivo de propriedade da casa onde mora já há 14 anos, no Residencial Raimundo Jinkings, bairro do Tapanã, em Belém. Ela e mais 356 famílias foram beneficiadas com a entrega dos documentos de posse na manhã de domingo/13, em uma grande festa promovida pelos moradores do conjunto atendidos pelo Programa Chão Legal realizado pela prefeitura de Belém por meio da Companhia de Desenvolvimento Metropolitano (Codem).
Os moradores do Raimundo Jinkings também festejaram a entrega oficial das obras de pavimentação asfáltica e sinalização das 15 ruas do residencial pela Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), num investimento de R$ 642 mil. Originalmente uma invasão, o Residencial Raimundo Jinkings existe há cerca de trinta anos e hoje abriga aproximadamente duas mil pessoas, que há mais de dez clamavam por atenção do poder público para a regularização das moradias e também por obras de urbanização e saneamento básico.
Abandonado - De acordo com o analista de sistemas Alexandre Magno, integrante da Comissão Executiva de Moradores do Residencial Raimundo Jinkings e residente há quatro anos e meio no conjunto, o local vivia um momento de trevas, completamente abandonado, mas há cerca de um ano, algumas famílias decidiram se mobilizar e buscar apoio da prefeitura e foram atendidas. “Hoje, nós só temos a agradecer e elogiar o empenho do prefeito Duciomar Costa, porque se não fosse isso, nós nunca deixaríamos de ser uma ocupação e agora, podemos bater no peito e dizer que temos nosso patrimônio garantido e ainda todo urbanizado”, comemora Alexandre.
O trabalho de regularização fundiária durou três meses com a realização de levantamentos, entrevistas e coleta de documentos dentro do próprio residencial, para onde foi levada a unidade móvel da Codem. Segundo a diretora do órgão, Silvia Santos, o Programa Chão Legal vai chegar a toda Belém, para legalizar terrenos e garantir moradia segura para mais de cinco famílias de baixa renda em áreas consideradas de vulnerabilidade social, nos próximos quatro anos. A iniciativa, explica Silvia Santos, pretende mudar a realidade da capital paraense, onde 70% das áreas de são irregulares, o que coloca a cidade entre as que apresentam o maior número de residências sem documentação do país.
A funcionária pública Darci Lima Lobato não conseguiu conter as lágrimas ao falar dos benefícios recebidos pelas ações de regularização fundiária e pavimentação. “Eu não tenho palavras, só quero agradecer e dar um abraço no prefeito, que olhou por nós quando nós mais precisávamos” disse emocionada, na frente da casa enfeitada para homenagear a prefeitura.
Reconhecimento - De acordo com a Secretária Municipal de Saneamento, Pilar Nogueira, o Residencial Raimundo Jinkings é o 38º conjunto habitacional de Belém a receber obras de recuperação, pavimentação asfáltica, sinalização, pintura e colocação de lombadas. “É uma conquista da comunidade que tanto vem reclamando por dignidade. A gente vê aqui no Raimundo Jinkings, que muitos moradores que queriam vender as casas começaram a retirar as plaquinhas de venda e ainda se uniram e organizaram para conservar os serviços realizados no residencial, é um reconhecimento do nosso trabalho, da qualidade da obra”, afirma a secretária.
Durante a visita do prefeito Duciomar Costa ao Residencial Raimundo Jinkings não faltaram homenagens da população em reconhecimento ao trabalho realizado pela prefeitura. Duas bandas infanto-juvenis se apresentaram ao gestor municipal que agradeceu o tratamento recebido pela comunidade e garantiu que está apenas cumprindo com suas obrigações no papel de administrador da cidade. “Eu não estou fazendo nenhum favor. Eu quero agradecer porque a população me escolheu para continuar prefeito e dizer que a gente encontra realmente dificuldades para implementar esse tipo de política, o que se torna uma aflição minha, porque eu sei o que é querer morar com dignidade, mas o que posso dizer também é que vamos continuar com os esforços para garantir esse trabalho”, afirmou Duciomar Costa.

_____________
Tânia Menezes

Nenhum comentário: