4/14/2007

Ilha de Caratateua comemora 114 anos de história e riqueza cultural

Foto: Mira Jatene

A Ilha de Caratateua, uma das 25 ilhas que formam o Distrito Regional de Outeiro, administrado pela Prefeitura Municipal de Belém, acordou neste sábado/14, em clima de festa pela comemoração dos seus 114 anos. Mas antes que as atividades culturais e a animação das bandas tomassem conta do local, uma missa campal realizada às 8 horas da manhã no estacionamento da Praia Grande atraiu dezenas de pessoas, abrindo a programação que presenteou moradores e visitantes até a meia noite.
"Não poderíamos deixar de festejar a Ilha de Caratateua, um lugar de grandes riquezas culturais. Queremos que o aniversário deste pedaço de Belém seja sempre lembrado", enfatizou o agente distrital de Outeiro, Elinaldo Ferreira, ao recordar que a memória do local estava sendo esquecida. Segundo ele, a prefeitura, por meio da Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel), pretende resgatar em um livro toda a história das tradições,costumes e da colonização da ilha, que hoje tem aproximadamente 45 mil habitantes. "É um local povoado por comunidades ribeirinhas, artistas, poetas e escritores que traduzem com muita beleza e amor o apego que têm pela sua terra".
Elinaldo contou ainda, que a administração municipal pretende resgatar em Caratateua a prática diária da comercialização de pescado, frutos do mar e artigos regionais. "Para isso já temos o projeto para implantar um mercado municipal na ilha. Um presente que a prefeitura vai oferecer aos moradores a partir de agosto", afirmou.
No entanto, relembra que a prefeitura já entregou a Outeiro um grande presente, quando em janeiro deste ano inaugurou os sistemas públicos de esgotamento sanitário, na Praia Grande, que já beneficia diretamente 1,2 mil pessoas, e o sistema de abastecimento de água potável de São João do Outeiro, com capacidade final para atingir até 30 mil pessoas.
A programação de aniversário reuniu na Praia Grande centenas de pessoas que durante o dia participaram das oficinas de tapeçaria e bijuterias promovidas pelo programa Ama Belém. Cortes de cabelo e emissão de carteiras de trabalho e de identidade também foram oferecidos à população em ações de cidadania.
O Conselho de Cultura da Ilha de Caratateua se uniu às comemorações e organizou oficinas de Yoga, produção de brinquedos feitos com sucata e uma exposição de pinturas e murais fotográficos.
Os ritmos regionais embalaram a tarde de aniversário. Mas nem só de carimbó se formou a "roda" da animação. O pop rock de grupos formados pelos próprios moradores da ilha agitou o público de todas as idades. O momento bastante esperado foi o show da banda Amazonas, que encerrou a programação de aniversário com músicas variadas do repertório local e nacional.

________________
Priscilla Amaral
_____________

N.R – Fico satisfeito em receber da Priscilla informações sobre as comemorações dos 114 anos do Outeiro, que não foi esquecido.
Mas somente um dia?...
Mantenho tudo o que falei no texto publicado.
Aliás, eu e uma pá de gente que pensa exatamente igual, e que mandou um monte de e-mails sobre o assunto. (A.F.)

Um comentário:

Antonio Junior disse...

Um pequeno acréscimo a matéria:
É um engano corriqueiro, até devido ao órgão que administra a vizinha Icoaraci, chamar a administração do distrito de Outeiro de Agência Distrilta de Outeiro, bem como seu titular de Agente Distrital, porém, segundo a Lei 7.753, de 17 de maio de 1995, e desde a sua publicação, o órgão chama-se Administração Regional do Outeiro e seu titular é o Administrador Regional do Outeiro, sempre pontuando isso evitamos que o engano vire regra por corruptela.
Ao contrário do que foi publicado, a população que se deslocou até o estacionamento da Praia Grande, participou apenas as oficinas promovidas pelo Ama Belém, oficinas de yoga, brinquedo em sucata e outras que seriam realizadas pelo Conselho Cultural da Ilha de Caratateua, ao lado das equpes do Ama Belém, não foram realizadas, pelo menos não naquele estacionamento.
Sem nada mais a acrescentar, deixo um abraço ao meu amigo Feio, que ficou de postar matéria sobre extinção da tarifa de telefonia fixa comutada, mais isso é um outro assunto.
Até um outro dia.