2/12/2009

Cametá e Curuçá recebem imagens da TV Cultura


Após o exitoso trabalho realizado durante o Fórum Social Mundial, em Belém, que reuniu mais de 135 mil participantes, a Rede Cultura de Comunicação retoma o projeto de expansão do sinal da Rede Cultura para o Estado do Pará e inaugura, em um dia só, duas retransmissoras. Receberão o sinal da TV Cultura nesta sexta-feira, 13, os municípios de Cametá e Curuçá
A solenidade de inauguração dos equipamentos em Curuçá - Av. Dr. Nilton Miranda, s/n – Centro - acontecerá às 10h. Na oportunidade, a presidente da Funtelpa professor Regina Lima e Dimitri Maracajá, diretor da TV Cultura do Pará farão a apresentação os quase 36 mil habitantes do município da programação da emissora pública e educativa do Pará, através do Canal 5.
Cametá - Já no município de Cametá - com a antena e o retransmissor instalados na Travessa Emitério Valente, s/n -, os mais de 115 mil habitantes poderão acompanhar, pelo Canal 3, os programas da TV Cultura, como o Catalendas, Sem Censura Pará, Jornal Cultura, Café Cultura, Timbres, Cena Musical, entre outros programas de alta qualidade.
Marcos Urupá e Ulisses Weyl, diretor de Multimídia e de Tecnologia da Informação, respectivamente, juntamente com a equipe de técnicos da Funtelpa e personalidades do poder executivo do município, inauguram o sinal da TV Cultura em Cametá, também às 10h. do dia 13.
Expansão - Com a inauguração em Cametá e Curuçá, a Rede Cultura de Comunicação amplia para 25 o número de municípios repetidores do sinal da emissora pública e educativa do Pará, gerado em Belém. Além da Região Metropolitana da Capital, a Rede Cultura de Comunicação chega à marca de 25 retransmissoras inauguradas no Pará. Até o final do ano, a meta é chegar a mais 65 municípios.
Retransmissoras inauguradas: Abaetetuba, canal 11; Castanhal, canal 8; Bragança, canal 11; Salinópolis, canal 8; Igarapé-Miri, canal 9; Óbidos, canal 5; Monte Alegre, canal 13; Tomé-Açu, canal 12; Capanema, canal 9; Santa Maria do Pará, canal 6; Alacilândia (Conceição do Araguaia), canal 5; Floresta do Araguaia, canal 3; Brasil Novo, canal 5; Medicilândia, canal 7; Vigia, canal 12; Goianésia, canal 13; São Félix do Xingu, canal 9; Marapanim, canal 11; São Miguel do Guamá, canal 10; Igarapé-Açu, canal 12; Santa Luzia do Pará, canal 13; Ipixuna do Pará – Canal 21; S. José Porfírio – Canal 11.
Tudo com a qualidade Cultura, que desde ano passado joga no ar um sinal potente com 44 KW, a partir da antena instalada na avenida Almirante Barroso, sede da emissora.

Nenhum comentário: