3/12/2009

Governo pede novas retransmissoras para a TV Cultura

Foto: Cláudio Humberto



O secretário de Comunicação, Fábio Castro (e), Ana Júlia Carepa e o ministro Hélio Costa, na audiência de Brasília onde se tratou da TV

Brasília - O ministro das Comunicações, Hélio Costa, sinalizou afirmativamente nesta quarta-feira, 11, ao pedido da governadora Ana Julia Carepa e do secretário de Comunicação, Fábio Castro, para outorga de mais cinco retransmissoras de televisão da Fundação de Telecomunicações do Pará (Funtelpa).
Segundo o secretário Fábio Castro, os locais selecionados são municípios-chave, com destacados crescimento populacional e participação na economia do Estado. São eles: Santarém, Marabá (Canal 22), Xinguara, (Canal 18), Altamira (Canal 13) e Itaituba (Canal 33). Cada um deles receberá uma Retransmissora de Televisão (RTV), que virá se somar às atuais mantidas pela Funtelpa.
"Essas retransmissoras são fundamentais para promover a integração do Estado por meio da informação", disse a governadora Ana Julia.
Dentro do projeto de expansão do sinal da TV Cultura do Pará, novos retransmissores foram instalados em 25 municípios e parte dos equipamentos das novas retransmissoras, a serem inauguradas em 2009, já estão no edifício sede da Funtelpa. A emissora encerrou 2008 presente em todas as regiões de integração do Estado.
Ao final do primeiro semestre de 2009, a TV Cultura contabilizará 46 retransmissoras no Pará. A meta é chegar ao começo de 2010 com 79 novas retransmissoras.
Funtelpa - A Funtelpa foi criada em 1977 pelo ex-governador Aluísio Chaves, com o objetivo de cuidar dos serviços de radiodifusão do Estado. Desde então, produz conteúdo midiáticos de alta relevância geopolítica e cultural, com uma programação de caráter educativo, que retrata a tradição local, procurando atender a diversificados segmentos da sociedade e preservando a identidade cultural do Estado.
Atualmente, a Funtelpa inclui a Rádio Cultura do Pará, a TV Cultura (Canal 2) e o Portal Cultura (www.portalcultura.com.br). A Fundação é um organismo público de direito privado, que tem como provedor de recursos diretos o governo do Pará. A atual presidente da Funtelpa é a jornalista Regina Alves de Lima, professora do curso de Comunicação Social da Universidade Federal do Pará.
A TV Cultura foi inaugurada com a proposta de ser um novo espaço para a cultura amazônica. A TV entrou no ar no dia 2 de janeiro de 1987, em caráter experimental. Contava com 86 antenas e equipamentos para transmissão. A idéia inicial era colocar rapidamente um sinal no ar, enquanto se ganhava tempo para a elaboração de uma programação local. A programação nacional foi fornecida pelo Sistema Nacional de Rádios e Televisões Educativa, gerada no Rio de Janeiro e veiculada por todas as televisões educativas do país.
Em 15 de março de 1987, entrou no ar oficialmente a TV Cultura do Pará - Canal 2. A programação local, composta de telejornais, musicais, documentários, programas de entrevistas e debates. Em 20 anos, a TV pública do Estado do Pará tem se destacado como a emissora que mais produz conteúdo, na região amazônica. Consolida-se como uma das mais importantes emissoras públicas do País.

______________
Sônia Zaghetto - Agência Pará

Nenhum comentário: