3/22/2009


Palavras que ferem, palavras que salvam

Excepcionalmente, publico, neste espaço, crônica de Roberto Pompeu de Toledo, brilhante redator da mais prestigiosa revista brasileira e uma das maiores do mundo, Veja. O presente texto, bastante oportuno, foi publicado na edição de Veja, de quarta-feira 25.

Declaração de amor

Ela nasceu para o esplendor, povoa um mundo em que só há perfume das virgens ruivas, o Concerto Para Piano e Orquestra, em Ré Menor, de Mozart, e azul, tão azul que sangra.

CPLP deve socorrer membros com democracia frágil, inclusive com armas

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa precisa, com urgência, criar e equipar devidamente uma agência de desenvolvimento, não só do comércio, como também dos países que integram o bloco, principalmente nações como a Guiné-Bissau, que se tornou um narco-Estado.

Nenhum comentário: