5/04/2009

Contem comigo!



CAROS AMIGOS ESCRITORES E LUCIANA MEDEIROS:

Não me surpreende - INFELIZMENTE - essa atitude do Governo do Estado do Pará.
Poucas vezes a cultura local foi tão menosprezada quanto nos últimos dois anos.
O CENTENÁRIO do poeta ANTÔNIO TAVERNARD ficou esquecido.
O de DALCÍDIO JURANDIR corre o mesmo risco.
QUEBRAR O JIRAU, então, foi só uma medida esperada com os cortes para secar a caixa de água, que já não jorrava tanto. Esperemos pelas fusões de dez órgãos culturais em um só - e aí ficará pior.
Proponho aos amigos escritores a realização em praça pública de uma minifeira que seja - em BATISTA CAMPOS, por exemplo - num domingo de maio - com o mesmo nome de II JIRAU DA LITERATURA PARAENSE e uma ida aos jornais para mostrar a indignação, por exemplo.
Sabemos que calar, nessa hora, é aceitar os desmandos.

CONTEM COMIGO!

Abraços,

_________________
ALFREDO GARCIA
8827-1993

Um comentário:

Anônimo disse...

Ana Júlia:
Você não tomou conhecimento desse descalabro para com a nossa cultura?
Não é de se admirar. Para quem deixou a Casa do Poeta Antônio Tavernard virar poeira...
Dê um puxão de orelhas nos responsáveis.