6/12/2009

IPVA
Os deputados aprovaram projeto de lei de iniciativa da deputada estadual Josefina Carmo (PMDB), que isenta do pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) os automóveis de uso rodoviário com mais de dez anos de fabricação. O projeto propõe alteração no inciso VI do artigo 3º, da lei 6.427, de 27 de dezembro de 2001, mas condiciona a isenção à prévia aprovação do veículo nas vistorias obrigatórias realizadas pelo Departamento de Transito (Detran/PA). O projeto foi apresentado por Josefina em abril de 2007, tendo sido aprovado por todas as comissões técnicas por onde tramitou. Agora aprovado, ele segue para a sanção da governadora Ana Júlia. Na justificativa, Josefina lembrou que proprietários que possuem veículos com mais de dez anos de uso são pessoas assalariadas, de baixo poder aquisitivo e que utilizam seus carros como instrumento de trabalho ou para raros momentos de lazer. "Trata-se de um contingente de cidadãos que não podem se dar ao luxo de adquirir carros mais novos, porque seus rendimentos mensais não permitem tal privilégio, e o valor do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) tem um peso significativo no orçamento familiar".
MOTOTAXISTAS
Tornar opcional a contratação de seguro contra acidentes para mototaxistas e corrigir a bi-tributação sobre o tema são os objetivos do projeto de lei apresentado pelo deputado João Salame (PPS) na Assembléia Legislativa. O deputado quer alterar a lei 6.942, de 2007, que cria o serviço de mototaxista no estado, uma vez que a lei do Seguro DPVAT, a 6.194/97, já determina a obrigatoriedade da contratação do seguro. O projeto propõe a modificação da lei do mototaxista em seu artigo sexto, substituindo a obrigatoriedade da contratação pela contratação opcional do seguro contra acidentes. “Por entender que o tributo é cobrado duas vezes é que apresentamos projeto para alterar a lei e tornar opcional a contratação do seguro. Esse é um anseio da categoria para minimizar o ônus financeiro que era imposto aos mototaxistas do Pará”, defende Salame.

RACHA
No último domingo/7, o ex-governador Almir Gabriel saiu do seu refúgio voluntário em Bertioga, no litoral paulista, para onde mudou no final do primeiro semestre de 2007, e concedeu uma longa entrevista ao Diário do Pará. Foi seu primeiro contato formal com um veículo de imprensa em quase dois anos e meio, tempo contado a partir do momento em que o ex-governador Simão Jatene, até então seu aliado, deixou o cargo de governador do Estado. Com a posse da atual governadora Ana Júlia Carepa, em janeiro de 2007, chegava ao fim um ciclo de 12 anos de poder político do PSDB no Estado ­ oito deles com o próprio Almir Gabriel, eleito para dois mandados consecutivos, em 1994 e 1998, e os últimos quatro anos com Simão Jatene, eleito em 2002.

RACHA II
Com o fim do governo Jatene, em 31 de dezembro de 2006, terminou não apenas o ciclo de poder tucano no Pará, mas também a amizade que vinha de longa data e que se consolidara fortemente no decorrer dos últimos 15 anos. A ponto de ter sido ele, Simão Jatene, o secretário mais influente e poderoso nos oito anos do governo Almir Gabriel e o nome escolhido por ele, sufocando inclusive resistências de sua base política, para disputar a sua própria sucessão. Simão Jatene venceu, mas foi uma vitória suada e sofrida, obtida com o apoio político do então governador e com o calor da máquina administrativa do Estado. A eleição só veio a ser decidida no segundo turno, quando Jatene obteve 51,72% dos votos válidos contra 48,28% obtidos por Maria do Carmo Martins, a candidata do PT. A mesma Maria do Carmo que, dois anos depois, se elegeria prefeita de Santarém e que acabou por se reeleger no ano passado.

RACHA III
Sobre sua opção pelo nome do senador Mário Couto para ser o candidato ao governo, pela legenda do PSDB, Almir Gabriel considera que ele, Couto, apresenta hoje sobre o outro aspirante, Simão Jatene, uma série enorme de vantagens. A primeira delas, na sua avaliação, o fato de ter Mário Couto o que considera uma inserção popular extraordinária. Almir Gabriel destaca, ainda, que Mário Couto foi líder do governo e presidente da Assembléia Legislativa, mantendo sempre uma postura de total lealdade. "E no plano nacional"­ acrescenta ­"ele engrandece o nome do Pará,conforme pode ser visto na TV Senado". Finalmente, enfatiza o ex-governador que Mário Couto tem uma capacidade realizadora muito grande, o que possibilitaria ao Pará,caso eleito,retomar, na sua avaliação, o pique do desenvolvimento econômico. (Diário do Pará).

RESPOSTA
O ex-governador Simão Jatene disse lamentar profundamente a posição tomada pelo também ex-governador Almir Gabriel e os termos por ele utilizados na entrevista publicada domingo/7 pelo Diário do Pará. Nessa entrevista, publicada como manchete de primeira página, Almir fez duros ataques ao seu ex-aliado e o responsabilizou diretamente pela sua derrota para a atual governadora Ana Júlia Carepa nas eleições de 2006. “O ódio não é boa companhia, não é boa referência para avaliações e decisões”, afirmou Simão Jatene. Eu lamento tudo isso por se tratar de uma pessoa que me é muito cara. O que eu posso dizer? Nada do que foi dito (por Almir) diminui o respeito que eu tenho por uma pessoa que fez muito por este Estado. “Uma declaração qualquer, por mais equivocada ou injusta que seja não vai mudar meus conceitos, construídos ao longo de uma vida”, acrescentou Simão Jatene.

COMENTÁRIO
Um líder tucano, que já exerceu diversos mandatos, tanto na Assembléia Legislativa quanto na Câmara Federal, interpretou a entrevista de Almir Gabriel como a exposição de uma alma “ainda muito ferida e machucada” pela derrota eleitoral de 2006. Defensor da candidatura de Simão Jatene ao Governo do Estado, mas ainda amigo e admirador de Almir Gabriel, ele disse que pretende mostrar a este, quando (e se) tiver oportunidade, “os equívocos que ele está cometendo”. (Diário do Pará).
BAILE
Nesta sexta-feira/12, tem o Super Baile da Saudade no Fluminense em homenagem aos namorados. O romantismo está de volta com Rick Miranda, Lígia Mônica & Banda. Imperdível, é casa cheia. Ambiente tranqüilo para as pessoas de alta sensibilidade, essa você não pode ficar de fora. O Fluminense está agora sob a administração da competente Diretora Social, minha bela amiga Jocilene Fonseca. Atendimento de primeiríssima qualidade. Confira, o encontro está marcado.

MOTINHAS
_________________________________________________________________

Maria do Carmo foi recebida com festa em Santarém. No comício na COHAB agradeceu a Deus, advogados, família e o prefeito interino José Maria Tapajós. Vieram de Belém, além da governadora Ana Julia, deputados federais Paulo Rocha, Zé Geraldo e estadual Carlos Martins. ●●● No momento não haverá mudanças no secretariado. O vice-prefeito José Antonio Rocha deve permanecer na Secretaria Municipal de Saúde, em pouco tempo, o jovem político está dinamizando o atendimento à população. ●●● O novo carro que a montadora General Motors (GM) vai produzir em sua fábrica de Gravataí, no Rio Grande do Sul, deve ser um modelo de baixo custo, mais barato que o Celta, hoje vendido por R$ 25 mil. O projeto, conhecido como Viva, ainda está em fase de desenvolvimento e deverá marcar a estréia da tecnologia coreana, que passará a ser adotada pela montadora no país. ●●● O Instituto de Desenvolvimento Florestal, UFPA, Ministério da Ciência e Tecnologia, através do Museu Emilio Goeldi e FADESP prorrogam a vigência contratual para realização da pesquisa sócio econômica da gleba Nova Olinda I, em Santarém e pesquisa faunística da região Mamuru-Arapiuns/Pará. ●●● A Secretaria de Meio Ambiente (SEMA) e a McKinsey & Company, Inc. do Brasil Consultoria Ltda assinam termo de cooperação técnica para estabelecimento de uma parceria institucional de forma a subsidiar o “Programa Estadual de Restauração Florestal – 1 bilhão de árvores para a Amazônia”. ●●● Coronel PM Agenor Campos, comandante do CPR-1 prestigiou a passagem de comando do Batalhão Gurupatuba em Monte Alegre. Assumiu o tenente coronel Julimar Gomes da Silva, no subcomando a major Cintia Raquel. Desejamos sucesso aos dois novos comandantes. ●●● Amiga Mariele e seu filho Guilherme continuam lendo a nossa coluna, agora em Macapá. Obrigado e excelente final de semana. ●●● Está aumentando a cada dia o número de fregueses no Dedé o REI DI FRAGO ASSADO, picanha, costela e lingüiça. Atendimento Nota 10 dos mosqueteiros Diego, Degenaro e Patrick na Silva Jardim entre Borges Leal e Marechal Rondon. Fone: 3523 7363. ●●● O melhor Açaí da cidade é com o casal Leitão e Terezinha, na Borges Leal. ●●● Professor Geraldo, diretor da Escola Fluminense, acompanha os jogos dos campeonatos brasileiro, italiano, espanhol e copa do Brasil no BAR DO NILO. Barjonas de Miranda próximo Rui Barbosa. ●●● Parabéns ao meu grande amigo Herbert Farias (Cacheado) pela passagem do seu aniversário ocorrido na última terça-feira/09. È gente do coração da gente. ●●● O belo casal de jornalistas Amilton Torres e Adriana Carvalho está mostrando competência na capital do Estado. Santarém perdeu dois grandes profissionais. Boa sorte aos dois. ●●● A maioria dos funcionários da Câmara Municipal vibrou com a volta do veterano José Maria Tapajós ao comando do Poder Legislativo. ●●● Esquina da São Sebastião com professor Carvalho está praticamente intrafegável. Com a palavra a simpática secretária Alba Valéria. ●●● Em virtude do feriado de ontem, a sexta-feira está parecendo Tiradentes. Dia Enforcado. Vamos comemorar com a Loira Gelada, Ruiva Destilada e exuberante Morena Quente o Dia dos Namorados. Fui.

Nenhum comentário: