6/14/2009

Capitão Poço já vê a TV Cultura

Foto: Eunice Pinto

A população de Capitão Poço já pode sintonizar o canal 8 para assistir a programação da TV Cultura do Pará. A inauguração da retransmissora local da emissora pública e educativa aconteceu na manhã deste sábado/13, com a presença de políticos e representantes dos movimentos sociais do município, como o vice-prefeito Nildo Pontes e o presidente da Câmara Municipal, Francisco Isonildo Pires de Souza (foto). Esta é a 43ª localidade, além da região metropolitana, a receber o sinal da TV Cultura, desde o início do processo de expansão. A sede da retransmissora fica na travessa 23 de dezembro, próximo do centro comercial, feiras, praças e igrejas.
Eneida Guimarães Ribeiro, diretora da escola estadual de ensino fundamental e médio Padre Vitaliano Vari, uma das mais antigas do município com aproximadamente 1.600 alunos, comemorou a chegada da nova emissora. "É um canal de comunicação mais vivo, mais gente. Vai ser bom chegar às salas de aula na segunda-feira e dar esta boa notícia. Considero que é um marco para comunicação do nosso município e contribuirá bastante para nossa prática educativa", afirmou.
Valdino Silva dos Santos, diretor da 17ª Regional de Educação, concordou com a pedagoga. "Sabemos do perfil educacional da programação da TV Cultura. E também teremos acesso às informações sobre ações e serviços do governo do Estado em Capitão Poço. Às vezes, as informações que recebemos nem sempre estão completas", acrescentou. Segundo ele, as reformas das escolas Padre Vitaliano e Terezinha Bezerra Siqueira, no valor de aproximadamente R$ 145 mil, cada, além da instalação de laboratórios multidisciplinares, não foram noticiadas pela emissora privada em funcionamento no município.
José Eudes Aguiar Bezerra, representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, reforçou a importância da TV Cultura para divulgação das ações e serviços do governo do Estado. "Hoje o canal 8 volta para população. Em Capitão Poço, já foram pavimentados 5 km no asfalto participativo, construídas duas pontes de alvenaria, duas praças, e mais de 15 sistemas de abastecimento de água na área rural. Das 54 residências do programa Minha Casa, Minha Vida, 21 já foram construídas, com dinheiro do Cheque Moradia e do Ministério das Cidades. Essas informações não eram dadas à população", ressaltou, enfatizando a sua expectativa de assistir mais programas na TV Cultura com foco nas questões rurais.
TV em definitivo - A TV Cultura estava em caráter experimental desde sexta-feira (12). Regina Lima, presidente da Fundação de Radiodifusão do Pará (Funtelpa), salientou o apoio recebido da prefeitura local para acelerar a instalação do retransmissor. "Quando começamos a expansão do sinal da TV Cultura, estávamos sozinhos, mas assim que começamos a chegar aos municípios, os vizinhos passaram a nos procurar. É papel do governo levar comunicação a todas as regiões, assim como levar saúde e educação. Não olhem para programação da TV Cultura como se faz para TV privada, porque um canal público tem caráter educativo. Esse é o eixo condutor dos jornais aos programas infantis", explicou.
A expansão do sinal da emissora pública é uma das estratégias do governo para integração do Estado. "Quem ganha é a população ao receber um canal que não é um canal qualquer, e sim que valoriza o cidadão, e não está preocupado apenas em vender produtos", afirmou Paulo Roberto Ferreira, secretário de Estado de Comunicação. Para ele, a inauguração do retransmissor em Capitão Poço é um resgate de um canal usado anteriormente de forma equivocada e que ainda trazia custos ao governo do Estado. "Decidimos encerrar este ciclo. Tivemos que preparar a Funtelpa porque seus equipamentos estavam obsoletos e, hoje, a TV Cultura no município tem uma potência cinco vezes maior, que permite ao sinal ultrapassar a sede, e chegar a vilarejos mais distantes", disse.
Capitão Poço possui 52 mil habitantes e fica distante mais de 200 km da capital do Estado, Belém. No município, boa parte dos moradores da sede possui antena parabólica para assistir a 21 canais de TV fechada e apenas um canal de TV aberta, com uma programação que não se alinha a da TV Cultura. Agora, eles poderão assistir os noticiários como Jornal Cultura, Esporte Cultura, e programas como Sem Censura Pará, Cultura Pai Dégua, Sementes, Brasil da Amazônia, 7 Set Independente, Cinerama, Moviola, Catalendas, entre outros.

_____________
Fabíola Batista
- Secom

2 comentários:

Anônimo disse...

Amigos, gostaria de saber quando a imagem da Tv Cultura vem para a Região de Cachoeira do Arari?

Renata disse...

Prezado Anônimo das 9h38, o município de Cachoeira do Arari está contemplado no cronograma de localidades onde serão instaladas retransmissoras da TV Cultura do Pará no Estado, e estava previsto para ser inaugurada no dia 27 de junho. Porém, devido a alterações no calendário de inaugurações, até o momento não é possível determinar uma data para a inauguração em Cachoeira do Arari, que transmitirá a programação da TV pública e educativa paraense pelo Canal 3.

Atenciosamente,

Renata Biondi
Comunicação Institucional da Funtelpa
www.portalcultura.com.br